Boeing e SAAB vão fornecer novo jato de treinamento militar para os EUA

Modelo T-X vai substituir a antiga frota de modelos T-38 Talon operados pela força aérea americana desde os anos 1960
O T-X vai substituir os antigos T-38 Talon, em serviço com a USAF desde 1961 (Boeing)
O T-X vai substituir os antigos T-38 Talon, em serviço com a USAF desde 1961 (Boeing)
O T-X vai substituir os antigos T-38 Talon, em serviço com a USAF desde 1961 (Boeing)
O T-X pode voar a mais de 1.300 km/h (Boeing)

A Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) oficializou nessa quinta-feira (27) a escolha da Boeing e SAAB para fornecer o T-X, novo jato de treinamento avançado. O contrato avaliado em US$ 9,2 bilhões inclui a aquisição de 341 aeronaves, 46 simuladores de voo e equipamentos de manutenção. As fabricantes ainda não definiram um prazo para a entrega dos primeiros aviões.

“O anúncio de hoje é a culminação de anos de foco inabalável de equipes da Boeing e da SAAB”, disse Leanne Caret, presidente e CEO da Boeing Defense, Space & Security. “É um resultado direto de nosso investimento conjunto no desenvolvimento de uma sistema centrado nos requisitos exclusivos da Força Aérea dos EUA. Esperamos que o T-X seja um programa de franquias durante grande parte deste século.”

O T-X será responsável por substituir a antiga frota de jatos de treinamento Northrop T-38 Talon, em operação nessa função com a USAF desde 1961. O novo modelo projetado pela Boeing e SAAB voou pela primeira vez em dezembro de 2016.

A Boeing e sua parceira de compartilhamento de risco, Saab, projetaram, desenvolveram e testaram em voo dois jatos totalmente novos e específicos – provando o design do sistema, a repetibilidade na capacidade de fabricação e treinamento.

Com o contrato aprovado, a Boeing agora vai iniciar os pedidos com seus fornecedores. Segundo a fabricante americana, mais de 90% das ofertas feitas a empresas nos EUA, o que deve gerar mais de 17.000 empregos em 34 estados.

O T-38 Talon é operado pela USAF desde 1961 (Divulgação)
O T-38 Talon é operado pela USAF desde 1961 (Divulgação)

A Boeing iniciou o programa T-X em 2010 e três anos depois ganhou a companhia da Saab, que passou a colaborar no desenvolvimento da aeronave – a força aérea da Suécia também está em busca de um novo jato de treinamento avançado.

O principal concorrente do T-X na disputa pelo contrato da USAF foi o  jato de treinamento KAI T-50 Golden Eagle, desenvolvido pela Korea Aerospace Industries (KAI) em parceria com a Lockheed Martin.

Veja mais: Novo avião-tanque KC-46 Pegasus é aprovado nos EUA

Total
0
Shares
Previous Post
O primeiro A320 americano será entregue a companhia Spirit Airlines (Airbus)

Companhia de baixo-custo dos EUA planeja voar para o Brasil

Next Post
A promoção "VAIEVOTA" é válida para todos os voos operados pela Gol (Divulgação)

Gol lança promoção para estimular clientes a votar em suas cidades

Related Posts
Total
0
Share