Bombardier CS100 completa primeiro voo com passageiros

Viagem de demonstração com aeronave da SWISS reuniu executivos de companhias aéreas; operação comercial começa na próxima semana
A presença do CSeries ainda é pequena no mercado: foram entregues cerca de 30 jatos para três companhias (Bombardier)
A Swiss relatou três falhas de motores no A220 (Divulgação)
O primeiro voo comercial do CS100 está marcado para a próxima semana (Bombardier)
O primeiro voo comercial do CS100 está marcado para a próxima semana (Bombardier)

Após um longo processo de desenvolvimento, o novo jato canadense Bombardier CS100 está pronto para entrar em operação. A aeronave com as cores da companhia SWISS realizou na última sexta-feira (3) seu primeiro voo de demonstração com passageiros, entre Dublin, na Irlanda, e Zurique, na Suíça.

A viagem transportou 100 passageiros, no caso executivos de 20 companhias aéreas do grupo Star Alliance e jornalistas, além de seis tripulantes. Segundo a fabricante canadense, o voo do CS100 da companhias suíça foi realizado em uma hora e 50 minutos e o avião consumiu 20% menos de combustível em relação a aeronaves concorrentes que voam na mesma rota.

O primeiro voo comercial do CS100 está programado para a próxima quarta-feira (15), também com a companhia SWISS, cliente-lançador do novo jato. A empresa suíça planeja adquirir pelo menos 15 unidades do CS100 e outros 15 modelos CS300.

Que avião é esse?

A linha C Series, anunciada pela Bombardier em 2004, demorou para tomar forma, mas chegou ao mercado com boas credenciais. A aeronave é construída com uma combinação de alumínio e compósitos de fibra de carbono, materiais mais leves e resistentes, e possui comandos de voo computadorizados, o “fly-by-wire”.

A fabricante canadense divulga que o novo jato é até 20% mais eficiente em consumo de combustível por passageiro comparado aos seus principais concorrentes, como o Embraer E190 ou o Airbus A319.

O primeiro voo do novo jato da Bombardier reuniu executivos de empresas do grupo Star Alliance (Bombardier)
O primeiro voo do novo jato da Bombardier reuniu executivos de empresas do Star Alliance (Bombardier)

O CS100, com 30 metros de comprimento, pode ser configurado com 108 assentos ou 133 poltronas, na versão de alta densidade. Já o CS300, com sua fuselagem de 38,7 m de comprimento, comporta de 130 até 160 passageiros. O segundo modelo da família tem estreia prevista  para este ano, com a companhia Air Baltic, da Letônia.

Segundo dados da fabricante, os jatos C Series podem alcançar a velocidade máxima de 870 km/h e tem autonomia de voo para viagens de até 5.463 km.

A Bombardier tem cerca de 320 pedidos pelos jatos C Series (Bombardier)
A Bombardier tem cerca de 320 pedidos pelos jatos C Series (Bombardier)

Embraer x Bombardier

Bombardier e Embraer são antigos concorrentes no mercado de jatos executivos e comerciais, e durante todos esses anos a vantagem vem sendo da fabricante brasileira. As duas empresas atuam em segmentos que não são atendidos pelos grupos Airbus e Boeing e os resultados vêm gerando algumas das aeronaves mais modernas da aviação.

Recentemente, o C Series venceu os E-Jets da Embraer em um importante pedido para mais de 70 jatos, por cerca de US$ 5,6 bilhões, para a companhia Delta Airlines, dos Estados Unidos. No entanto, há suspeitas de que os novos aviões da Bombardier recebam subsídios do governo canadense e, desta forma, são oferecidos no mercado com preços mais competitivos.

Veja mais: Conheça os jatos da nova geração

Total
0
Shares
2 comments
  1. Thiago, e em relação ao E2-190, qual a diferença entre o consumo de combustível das aeronaves?

  2. os novos para brisas dos aviões médios e grandes parecem com o do Buran eles tem algo de diferente como resistência peso ou aerodinâmica ou e só estilo

Comments are closed.

Previous Post
Vem aí uma nova geração de aviões comerciais de fabricantes do mundo todo (Divulgação)

Conheça os jatos comerciais da nova geração

Next Post
Estranho, mas revolucionário: o SF50 tem bom desempenho e leva até 7 passageiros (Cirrus Aircraft)

Executivo “popular”, monojato da Cirrus estreia neste mês

Related Posts