Companhia SalamAir, do Omã, assina acordo para 12 jatos E195-E2 da Embraer

Empresa de baixo custo do Oriente Médio será primeiro cliente da nova família da aeronaves comerciais E2
Projeção do E195-E2 com a pintura da SalamAir (Embraer)

A família de jatos comerciais E2, da Embraer, tem um primeiro potencial cliente no Oriente Médio. Nesta quinta-feira, 29, a companhia aérea de baixo custo SalamAir, do Omã, assinou um Memorando de Entendimento (MoU) para adquirir 12 jatos E195-E2, a maior versão da série.

O acordo foi celebrado entre o Comandante Mohamed Ahmed, CEO da SalamAir, e Arjan Meijer, Presidente da Aviação Comercial e CEO da Embraer, embora a empresa brasileira não tenha até o momento divulgado o fato.

Segundo Ahmed, o plano é contar com seis aeronaves numa primeira fase. “A compra de jatos E2 reduzirá o custo incluindo combustível e também nos ajudará a aumentar nossas rotas domésticas e regionais e outros destinos internacionais”, disse.

Os CEO da SalamAir e da Embraer Aviação Comercial assinam o acordo (SalamAir)

Apesar de ainda não ser considerado um pedido fechado, o que deve ocorrer nos próximos meses, Arjan Meijer afirmou que o primeiro E195-E2 será entregue já em 2023. O CEO da SalamAir pretende contar com três deles em novembro do ano que vem e mais três aeronaves no mês seguinte.

A SalamAir iniciou operações em janeiro de 2017 e conta atualmente com uma frota exclusiva da Airbus, sendo seis A320neo e quatro A321neo.

O acordo deve elevar os pedidos firmes do E195-E2 para pelo menos 213 aeronaves. A Embraer deve detalhar os resultados do 3º trimestre em 4 de novembro.

Jato A321neo da SalamAir (SA)

 

Total
0
Shares
1 comment

Comments are closed.

Previous Post

Cessna Grand Caravan será equipado com motor elétrico a hidrogênio da ZeroAvia

Next Post

WestJet ampliará frota com o Boeing 737 MAX 10

Related Posts
Total
0
Share