Concorde poderá voltar a voar em 2019

‘Concorde Club’ da Inglaterra planeja comprar duas aeronaves, uma para exposição e outra para demonstrações aéreas
Depois da Air France, a companhia British Airways foi o outro usuário do Concorde
Depois da Air France, a companhia British Airways foi o outro usuário do Concorde

A versão definitiva do Concorde voou pela primeira vez em 31 de janeiro de 1975

A versão definitiva do Concorde voou pela primeira vez em 31 de janeiro de 1975 (divulgação)

O Concorde Club, grupo de ex-tripulantes e fãs britânicos do Concorde, o mais famoso avião supersônico de passageiros, revelou ter reunido 120 milhões de libras esterlinas, cerca de R$ 730 milhões, para idealizar o plano de retorno de voo da aeronave.

O objetivo do grupo com esse capital é adquirir duas unidades do antigo avião. O plano é restaurar um para exposição permanente no centro de Londres e o outro será revitalizado para voar novamente.

O último voo do Concorde, que podia voar duas vezes mais rápido que o som, cerca de 2.146 km/h, foi em 2003. A aeronave foi aposentada três anos após o trágico acidente com um modelo da Air France em Paris.

O grupo está tentando comprar ou arrendar duas aeronaves na França, mas ainda não houve acordo. “Ficamos impressionados pela quantidade de entusiasmo e de pessoas querendo investir. O apoio mostra quantas pessoas ainda admiram o Concorde e querem vê-lo voando de novo”, afirmou James, a agência BBC.

“A aeronave que gostaríamos de colocar no ar está no aeroporto Le Bourget, em Paris. E também queríamos arrendar e restaurar um concorde da British Airways para exposição em Londres, perto da (roda gigante) London Eye, mas não foi possível, então estamos de olho na França e em um concorde próximo ao aeroporto de Orly”, completou.

Apósa a restauração, o Corcorde serua utlizado em shows de aviação, eventos especiais e voos fretados. O plano é levar o jato supersônico de volta ao ar em 2019, no mesmo ano em que será comemorado os 50 anos do primeiro voo do Concorde, ainda como protótipo.

Veja mais: Primeiro voo comercial do Concorde completa 40 anos

Total
4
Shares
Previous Post
A aeronave ainda vai receber os motores e a mobília interna (Airbus)

TAM revela seu primeiro Airbus A350 XWB

Next Post
O arremetida pode acontecer momentos antes do toque ou durante a aproximação (Divugação)

O avião arremeteu, e agora? Entenda como funciona o procedimento

Related Posts