Delta Air Lines confirma o primeiro pedido de jatos Airbus A350-1000 das Américas

Companhia aérea dos EUA fechou acordo para ter 20 widebodies da Airbus a partir de 2026, além de incluir 20 opções de compra futuras
Projeção de como ficará o A350-1000 nas cores da Delta (Airbus)

A Delta Air Lines confirmou os rumores que a associavam a um pedido inédito do A350-1000, maior jato da Airbus na atualidade, após a aposentaria do A380.

A companhia aérea dos EUA anunciou nesta sexta-feira, 12 de janeiro, ter fechado um acordo para 20 dessas aeronaves além de outras 20 opções de compra.

Será a primeira vez que uma companhia aérea das Américas introduzirá o A350-1000 em serviço, maior variante da família A350. A Delta já opera com 28 A350-900, de menor capacidade, e tem outras 36 aeronaves pendentes de entrega.

O A350-1000 fará o papel de aeronave para voos de longa distância e em hubs internacionais e preenche uma lacuna na frota deixada pelo Boeing 747, que foi aposentado em 2018 sem um substituto à época em termos de capacidade de passageiros.

O A350-900 da Delta (Airbus)

“O A350-1000 será a maior e mais capaz aeronave da frota da Delta e é um passo importante para a nossa expansão internacional”, disse Ed Bastian, CEO da Delta. “A aeronave complementa nossa frota e oferece uma experiência elevada ao cliente, com mais assentos premium e as melhores comodidades da categoria, bem como maior capacidade de carga.”

“Estamos gratos pela confiança contínua da Delta nas soluções da Airbus para atender às necessidades de sua frota”, disse Christian Scherer, CEO de aeronaves comerciais da Airbus. “A Delta agora dá as boas-vindas ao A350-1000, que abrirá ainda mais oportunidades para a companhia aérea e seus clientes. Estamos orgulhosos de que nossas aeronaves sirvam toda a impressionante rede global da Delta, à medida que esta companhia aérea estelar leva a eficiência da frota para o próximo nível.”

Desde a aposentadoria do Boeing 747 em 2918, a Delta não tem um jato tão grande na frota (Kentaro Iemoto)

A transportadora não revelou qual será a configuração de cabine, mas antecipou que haverá 15% mais assentos premium do que em jatos atuais. O A350-1000 terá as classes Delta One Suites, Delta Premium Select e Delta Comfort+, além da econômica tradicional.

Siga o AIRWAY nas redes: Facebook | LinkedIn | Youtube | Instagram | Twitter

A Delta é atualmente a maior cliente da Airbus nos Estados Unidos, tendo encomendado de jatos A220, A320 aos widebodies A330neo e A350. Segundo a companhia aéreas, a entregas do A350-1000 terão início em 2026.

Total
0
Shares
Previous Post

Airbus entregou 735 aviões comerciais em 2023, 74 a mais que em 2022

Next Post

X-59: este avião promete fazer você viajar acima da velocidade do som na próxima década

Related Posts
Total
0
Share