Dicas para entrar e sair mais rápido do avião

Saiba como ser um dos primeiros a embarcar e desembarcar do avião com simples ações
A utilização do finger agiliza os embarque e desembaque
A utilização do finger agiliza os embarque e desembaque
A utilização do finger agiliza os embarque e desembaque
A utilização do finger agiliza os embarque e desembarque

Entrar e sair de um avião nos grandes aeroportos do Brasil muitas vezes é uma tarefa demorada. Pode haver grande aglomeração de pessoas, filas desorganizadas, atrasos e em alguns casos inconvenientes que chegam a causar confusões entre clientes e companhias. E no meio disso tudo pode estar você e sua paciência se esgotando.

Especialmente para quem costuma viajar com frequência e espera ansiosamente a hora de sair do avião e chegar em casa, essas adversidades são um grande incomodo, pois combinam desconforto, pressa e a incapacidade de poder contornar a situação. Embarques em voos regionais podem levar mais de meia hora e roteiros internacionais, que usam aeronaves de grande porte, esse tempo é ampliado. Pior ainda quando o avião embarca ou desembarca fora dos fingers, exigindo a operação com ônibus e a formação de mais filas…

Mas é possível passar longe disso tudo ou então minimizar os “danos” seguindo algumas dicas:

1 – Sente nos primeiros assentos da aeronave

Em grandes aeroportos as companhias aéreas organizam a entrada dos passageiros no avião divididos em blocos de fileiras, e quem reserva os primeiros assentos entra na primeira fila. Além de estar a poucos passos do banheiro e da saída do avião, você também tem grandes chances de encontrar celebridades viajando. Essa “técnica” é usada por pessoas famosas que querem passar despercebidas pelos corredores das aeronaves.

2 – Use e abuse do cartão de benefícios da companhia aérea

Cartões de companhias aéreas não servem apenas para acumular milhas. Dependendo do nível de pontuação, o cliente pode usufruir de mais vantagens. Uma delas é poder entrar em filas preferenciais, geralmente a segunda ou terceira logo após a fila para passageiros com necessidades especiais e primeira classe em voos internacionais. Outra vantagem, mais uma vez de acordo com a pontuação, pode ser o acesso a salas vips em aeroportos. Esses ambientes oferecem alimentação gratuita e um local confortável para quem espera pelo voo ou uma conexão. Por fim, mais um benefício interessante é a prioridade de desembarque de suas bagagens, que é uma das primeiras a aparecer na esteira dos aeroportos.

3 – Check-in pela internet

Não espere chegar ao aeroporto para fazer seu check-in e escolher seu assento. Atualmente todas as grandes companhias aéreas do Brasil oferecem esse serviço pela internet, seja no computador ou pelo telefone celular. Se não precisar despachar bagagem, você pode simplesmente entrar no aeroporto e seguir direto para o portão de embarque, precisando apenas do bilhete impresso ou a imagem do QR Code no celular.

4 – Otimize sua bagagem

Se for levar bagagem de mão a bordo da aeronave, não use uma mala “desengonçada”. O compartimento de bagagens do avião é até espaçoso, mas tem suas limitações. O objeto que você leva não pode ser muito alto, pois pode entalar na “boca” do maleiro e exigir certo tempo da tripulação para acomodar a peça. Por isso, de preferência a malas dentro das dimensões comportadas pelos aviões. Geralmente, esses produtos vem com um selo indicando que servem para serem transportadas na cabine.

5 – Não atrapalhe o embarque e desembarque

Quando estiver na fila de embarque não deixe para o último momento a hora de separar seus documentos e o bilhete para apresentar ao comissário de voo. Ao entrar na aeronave tente agilizar a acomodação de suas bagagens de mão, pois outros passageiros precisam passar pelo corredor – e no desembarque faça o mesmo. E por último, vá ao banheiro antes de embarcar, pois quem resolver fazer isso antes da decolagem vai causar a maior confusão no corredor.

Total
0
Shares
6 comments
  1. Prezado Thiago,
    das cinco dicas, considero que as duas primeiras são praticamente inócuas. Veja:
    dica 1: se considerarmos as 3 primeiras fileiras, teremos 15 passageiros em um universo de aproximadamente 180 passageiros em cada voo;
    dica 2: nos voos nacionais o benefício disponível nos cartões de fidelidade é entrar fora da fila.

  2. Ridículo esse negócio de correria na hora de embarcar e desembarcar. A aeronave está taxiando ainda e aquele bando de idiotas já com cintos desafivelados e em pé, como se pudessem pular porta afora e sair correndo pelo pátio. O que falta na minha opinião é EDUCAÇÃO. O jeitinho nojento que utilizamos para tudo não pode prevalecer sobre normas e condutas. De que adianta o idiota sair correndo, se temos ainda aeroportos sem taxiways e a aeronave tem que fazer backtrack, se a restituição da bagagem é extremamente demorada, se há horários sobrepostos e um simples pushback põe toda correria ralo abaixo. O cara que corre não sabe ainda que nada se mexe antes do último passageiro (no caso eu) ter embarcado e estar acomodado na poltrona.

  3. Para o embarque fico tranqüilamente sentado no banco da sala de espera e só me levanto quando o último está entregando o ticket. ( existe mais a fila para o acesso ao avião, por isso nao tenho pressa, o avião só sairá depois que todos estiverem embarcado). Para desembarcar, nao me estresso, fico sentado no assento tranqüilamente enquanto os afobados já estão de pé esperando antes mesmo de o avião taxiar( nao tenho pressa, assim fico descansando um pouco mais, pois até desembarcarem as malas do porão do avião e porem na esteira leva um bom tempo dependendo da infra-estrutura do aeroporto). Afobação do brasileiro vem da época que pegavam ônibus.

  4. Rua Cel. Manoel Martins Jr, 659.
    Não gostei muito dessa dica. Não foi muito útil.
    O melhor mesmo é fazer o check-in por internet e assim, escolher o melhor lugar. Tudo isso se viajar sozinho.
    Agora uma dica importante:
    Se for viajar com a família é melhor fazer o check-in no balcão de atendimento, pois pelos totens poderá correr o risco de você fazer o check-in e a sua esposa ou filho(a) não. Este caso ocorreu comigo e minha família num dos totens de check-in no aeroporto de Montreal-Ca (YUL) pois o sistema não reconheceu a minha esposa e filha como companheira de viagem. Tivemos que ir ao balcão, explicar o caso para conseguirmos viajar juntos. mesmo que na reserva constar o nome delas também. Foi uma dor de cabeça tremenda, tudo isso conversando em inglês “macarrônico”, com uma atendente não muito simpática.

  5. A pior coisa são os folgados com suas malas descomunais que em vez de despacharem querem colocar um elefante dentro de uma gaiola….

Comments are closed.

Previous Post
O Horizon X2 poderá alcançar a velocidade máxima de 320 km/h (Imagem - Horizon Aircraft)

Horizon X2, o hidroavião elétrico “tamanho família”

Next Post
O MiG-29 é o principal caça da Força Aérea de Cuba. O país tem quatro unidades em operação

De potência ao sucateamento, conheça a Força Aérea de Cuba

Related Posts