Exército dos EUA encomenda mais 120 helicópteros H-60M Black Hawk

Acordo com a Sikorsky inclui ainda 135 opções de compra. Aeronaves serão usadas em missões utilitárias e de evacuação médica
H-60M Black Hawk (Sikorsky)

Enquanto ainda avalia os modelos avançados Bell V-280 Valor e Sikorsky DefiantX, o Exército dos EUA (US Army) fechou um novo acordo de aquisição de helicópteros H-60M Black Hawk.

O novo pacote, estimado em pelo menos US$ 2,3 bilhões, é o 10º já assinado com a fabricante, pertencente à Lockheed Martin, e inclui 120 novos helicópteros além de opção de compra de outras 135 aeronaves.

Chamado de “Multi-Year X”, o contrato estipula que as entregas ocorrerão entre julho e 2027 e incluam as variantes UH-60M, de uso utilitário, and HH-60M, de evacuação aeromédica (MEDEVAC).

“Este acordo plurianual permite que o Exército atenda às necessidades de capacidade atuais e futuras por meio de atualizações, remanufatura, substituição e inserções de tecnologia”, disse o coronel Calvin Lane, gerente de projeto de helicópteros utilitários. “As eficiências deste contrato fazem o melhor uso de recursos limitados e resultam em economia direta para o Exército e para os contribuintes”.

Embora o Black Hawk seja um projeto bastante antigo, iniciado na década de 70, a Sikorsky garante que os novos helicópteros contarão com atualizações importantes como carga útil e alcance adicionais, aviônica digital avançada, controle ativo de vibração, produtividade e qualidades de manuseio aprimoradas e consciência situacional e capacidade de sobrevivência evoluída.

Há atualmente mais de 2.100 helicópteros H-60 em serviço no Exército dos EUA e eles deverão continuar operando nas próximas décadas, ao lado do futuro substituto a ser definido no programa FLRAA ( Future Long-Range Assault Aircraft).

Helicóptero S-70A do Exército Brasileiro (EB)

Black Hawk no Brasil

O helicóptero militar da Sikorsky é um genuíno sucessor do famoso Bell UH-1 Iroquois. Com presença em mais de 30 países, o Black Hawk também é operado no Brasil pela Força Aérea, Marinha e pelo Exército, com 26 unidades ativas e outras seis previstas para serem entregues, segundo anuário de 2022 da Flight Global.

Total
40
Shares
Previous Post

Airbus é favorita em pedido da renascida Jet Airways; Embraer corre por fora

Next Post

Companhia aérea do Azerbaijão assina contrato para dois Airbus A350F

Related Posts
Total
40
Share