Gol inicia voos diretos entre Manaus e Buenos Aires

Com nova ligação, companhia agora voa para a Argentina saindo de 11 cidades no Brasil
A Gol também mantém parcerias com empresas como Air France, Delta e Copa Airlines (Gol)
A Gol também mantém parcerias com empresas como Air France, Delta e Copa Airlines (Gol)
A Gol também mantém parcerias com empresas como Air France, Delta e Copa Airlines (Gol)
Além de Buenos Aires, a Gol também voa para Córdoba, Rosário e Mendoza (Gol)

A Gol inicia no sábado (4) as operações de voos diretos entre Manaus (AM) e Buenos Aires, na Argentina. A companhia é a primeira do Brasil a oferecer esta rota direta entre as cidades.

Os voos serão realizados aos sábados, partindo de Manaus com destino à capital argentina, e outro aos domingos, de retorno para a capital amazonense.

A Gol é atualmente a companhia brasileira com o maior número de voos para a Argentina, atendendo as cidades de Buenos Aires, Córdoba, Rosário e Mendoza.

“Constantemente trabalhamos para disponibilizar novas opções de rotas para os nossos clientes, a fim de proporcionar a melhor experiência de viagem. Por isso, a nova operação internacional com saídas de Manaus é mais uma importante conquista para os nossos clientes amazonenses, que podem viajar para a capital argentina em voos diretos”, afirma Alberto Fajerman, diretor executivo de assuntos corporativos da Gol.

Além de Manaus, a empresa mantém saídas de voos diretos de mais dez cidades brasileiras para a capital argentina, sendo elas: São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis, Porto Seguro, Fortaleza, Natal, Salvador, Maceió, Recife e a partir de março Belo Horizonte.

Os voos de Manaus para Buenos Aires serão operados com aeronaves Boeing 737-800 com capacidade para até 170 passageiros.

Veja mais: Azul anuncia voos diários para Lisboa a partir de junho

Total
0
Shares
Previous Post
Airbus A330 "Nação Azul" (Gianfranco Beting/Azul)

Azul passará a voar todos os dias para Lisboa em junho

Next Post
Para chegar a Praça Vermelha, Thomas Rust ignorou todo o sistema de defesa da URSS, na época composto por 10 mil mísseis e 2.500 caças (Reprodução/Englishrussia)

Quando um “teco-teco” invadiu a União Soviética

Related Posts