Gol recebe prêmio de acessibilidade

Companhia recebe Prêmio Direitos Humanos na categoria Selo Nacional de Acessibilidade
O estudantes interessados no programa devem estar cursando o segundo ano de graduação (Thiago Vinholes)
O estudantes interessados no programa devem estar cursando o segundo ano de graduação (Thiago Vinholes)
A Gol tem no aeroporto de Congonhas recursos especiais para atender passageiros com necessidades especiais (Thiago Vinholes)
A Gol tem em Congonhas recursos para atender passageiros com necessidades especiais (Thiago Vinholes)

A companhia aérea Gol recebeu nessa quarta-feira (14), em solenidade do Ministério da Justiça e Cidadania, em Brasília (DF), o Prêmio Direitos Humanos, na categoria Selo Nacional de Acessibilidade. Essa é a mais alta condecoração do governo brasileiro a pessoas e entidades que desenvolvem ações na área de promoção e defesa dos direitos humanos.

Um dos investimentos mais recentes da empresa em acessibilidade e inclusão foi a introdução de uma rampa especial para embarque e desembarque remotos de passageiros com deficiência ou com mobilidade reduzida nos aeroportos Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e Congonhas, em São Paulo.

Para os clientes com deficiência auditiva, a companhia oferece nos aeroportos de Congonhas e Guarulhos, em São Paulo, máquinas com tradução simultânea para a Libras (língua brasileira de sinais). O site da Gol também segue o padrão internacional web da W3C, desenvolvido para usuários com deficiência visual, baixa visão, daltonismo e mobilidade reduzida podem navegar sem barreiras.

Já passageiros com deficiência visual contam, nos aeroportos nacionais, com um livreto em braile com as informações expostos nos balcões. A bordo da aeronaves, a companhia disponibiliza, em todos os voos, o manual de segurança adaptado em braile e fonte com letra maior para pessoas com baixa visão.

“Promovemos melhorias constantes no atendimento aos clientes e esse prêmio é o reconhecimento de todos os esforços de um time multidisciplinar que trabalha todos os dias para proporcionar mais acessibilidade e autonomia aos passageiros, com segurança e inteligência”, afirma Sergio Quito, Vice Presidente de Operações Aeroportuárias da GOL. “Esperamos oferecer aos clientes com deficiência e mobilidade reduzida ainda mais facilidade e agilidade em todos os processos da viagem”, complementa o executivo.

Veja mais: Público elege o atendimento da Avianca o melhor do Brasil

Total
1
Shares
0 0 votes
Article Rating
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
marcelo
marcelo
5 anos atrás

mas nao foi a gol que fez a mulher subir as escadas arrastando porque nao tinha como embarcar??? acho que esqueceram desse detalhe em foz do iguacu

Douglas
Douglas
5 anos atrás

Em 30/06/2015 a notícia era outra: Gol e Infraero são punidas por cadeirante se arrastar em embarque em Foz do Iguaçu.

Previous Post
O SolarStratos é projetado para alcançar até 25.000 metros de altitude (Divulgação)

Avião solar vai voar até a estratosfera

Next Post
O esquadrão Adelphi será reativado em Brasília, mas com os novos caças Gripen NG (FAB)

FAB passa a concentrar toda frota de AMX em Santa Maria

Related Posts
Total
1
Share