Lufthansa encomenda novo cargueiro 777-8 Freighter e mais jatos 787

Companhia alemã será o primeiro cliente europeu da versão de carga do novo 777X, que deve chegar ao mercado em meados de 2027
Novo cargueiro Boeing 777-8F é projetado para transportar 112,3 toneladas de carga (Boeing)

O Grupo Lufthansa anunciou nesta segunda-feira (9) um pedido de 17 aeronaves widebodies da Boeing, sendo o principal destaque a encomenda de sete cargueiros 777-8 Freighter para a frota da Lufthansa Cargo. O jato de carga, lançado pela fabricante dos Estados Unidos em janeiro deste ano, é baseado na nova geração 777X.

A empresa aérea alemã também fez um pedido de três 777F da geração atual, que fornecerá capacidade de carga extra no curto prazo até a entrega de seu primeiro 777-8F. A nova encomenda da Lufthansa ainda inclui sete jatos de passageiros 787-9 Dreamliner, elevando a carteira de pedidos firmes do grupo para 32 aeronaves da série 787.

“A modernização contínua da frota de longo curso do Grupo Lufthansa é uma das nossas principais prioridades. A compra complementará nossos pedidos existentes e reduzirá ainda mais nossos custos operacionais, eficiência de combustível e proporcionar experiências de última geração ao cliente. Além disso, a compra destaca nosso compromisso com o aprimoramento da aviação sustentável”, disse Detlef Kayser, Membro do Conselho Executivo da Deutsche Lufthansa AG.

Nova encomenda de sete jatos elevado o pedido firme da Lufthansa para 32 aeronaves da família 787 Dreamliner (Boeing)

777-8 Freighter

A Lufthansa é o segundo operador que confirma a aquisição do 777-8F, depois da Qatar Airways – que já tem 34 pedidos firmes pela aeronave. Em comunicado, a empresa alemã diz que os novos cargueiros serão entregues a partir de 2027. O grupo também é o cliente de lançamento do 777X de passageiros, com 20 unidades do modelo 777-9 encomendadas e que serão entregues em meados de 2025, se não houver mais atrasos no programa da Boeing.

“Com a seleção de nosso mais novo cargueiro, a Lufthansa continua sua longa história de estreias com programas de aviões da Boeing, tornando-se o primeiro cliente europeu do 777-8 Freighter”, disse Ihssane Mounir, vice-presidente sênior de vendas e marketing comerciais da Boeing. “Com o investimento na frota de 777 e 787, o Grupo Lufthansa operará os aviões bimotores mais avançados e econômicos do setor. Cada um desses aviões reduz as emissões em 15 a 25% em comparação com os modelos anteriores com pegada de ruído até 50% menor do que seus antecessores, ajudando a avançar os objetivos de sustentabilidade do Grupo Lufthansa.”

Segundo dados preliminares da Boeing, o 777-8F é projetado para transportar 112,3 toneladas de carga com alcance de voo de 8.167 km (4.410 milhas náuticas). O novo cargueiro da fabricante americana terá como principal concorrente o Airbus A350F, que tem estreia prevista para 2025.

Gigantes cargueiros: Boeing 777-8F e Airbus A350F frente a frente

Total
3
Shares
Previous Post

Cessna entrega primeiro SkyCourier à FedEx

Next Post

Lufthansa pode assumir jatos A350 da Qatar e Aeroflot

Related Posts