Malaysia Airlines desativa último Airbus A380

Último “Superjumbo” da empresa malaia foi enviado para o armazenamento em Tarbes, na França
A Malaysia Airlines opera atualmente seis jatos da série A380 (Airbus)
A Malaysia Airlines recebeu seis A380 (Airbus)

Mais uma companhia aérea se despediu do Airbus A380. Nesta segunda-feira (19), o último “superjumbo” da Malaysia Airlines, com registro 9M-MNF, decolou de Kuala Lumpur em direção ao Aeroporto Tarbes–Lourdes–Pyrénées, na França, onde será armazenado.

O avião foi o último dos seis A380 da companhia aérea de bandeira da Malásia enviado para Tarbes. O aparelho em questão estava em serviço com a Malaysia desde março de 2013 e foi operado em rotas internacionais para Europa, Austrália e Ásia até abril de 2020, quando a pandemia de Covid-19 levou a empresa a interromper os trechos com a aeronave de dois andares.

Embora estejam desativadas do serviço comercial a algum tempo, as aeronaves armazenadas na França ainda pertencem à transportadora malaia. Em fase de reestruturação, a companhia tenta vender os aviões gigantes desde o ano passado, mas até o momento não conseguiu atrair compradores.

Com a retirada do A380, a Malaysia Airlines junta-se à Air France, Thai Airways, Hi-Fly e a China Southern Airlines ao grupo de companhias aéreas que já abdicaram do quadrimotor da Airbus.

As companhias que ainda voam com o A380 são a ANA, Asiana Airlines, British Airways, Emirates Airline, Etihad Airways, Korean Air, Lufthansa, Qantas Airways, Qatar Airways e Singapore Airlines.

Sem expectativa de conseguir novos clientes, a Airbus encerrou o programa A380 em dezembro de 2021 com a entrega do último exemplar da aeronave à Emirates Airlines, 14 anos após a introdução do modelo no mercado. Ao todo, o grupo europeu entregou 251 unidades do enorme avião, um número bem abaixo das previsões originais – que apontavam uma demanda por mais de 1.000 aeronaves.

Total
0
Shares
1 comment

Comments are closed.

Previous Post

Após 16 anos de espera, FAB recebe primeiros caças F-39 Gripen

Next Post

Encalhado há mais de 10 anos, Boeing 747-8 executivo será sucateado

Related Posts
Total
0
Share