Saudia resgata pintura dos anos 70 em mudança de estilo na empresa aérea

Companhia aérea de bandeira da Árabia Saudita apresentou sua nova identidade de marca, que abandona os tons amarelo e azul pelo estilo retrô dominado pela cor verde
Boeing 787-10 com a nova pintura (Saudia)

A Saudi Arabian Airlines (Saudia), principal transportadora da Árabia Saudia, revelou em 30 de setembro sua nova identidade de marca.

Em vez de um estilo inédito, a Saudia optou por resgatar seu passado. A empresa aérea abandonou a pintura que usava desde os anos 2000, com a cor azul na cauda e o topo da fuselagem num tom de areia de aparência bastante atraente.

No seu lugar voltou a identidade visual inspirada nos anos 70, composta sobretudo da cor verde (mas em um tom mais claro) e que é aplicada ao estabilizador vertical e motores. Na fuselagem, uma faixa em vários tons de verde e azul está localizada à meia altura – um layout que é raramente visto hoje no mercado.

Saudi Arabian Airlines revives 70s livery in rebranding 

Cinco jatos da Saudia já receberam o estilo retrô (Saudia)

A tipografia da inscrição “Saudia” também veio do passado, um estilo bastante identificado com a marca.

Siga o AIRWAY nas redes: Facebook | LinkedIn | Youtube | Instagram | Twitter

“Estamos vivenciando uma nova era e um momento muito emocionante para a Arábia Saudita. Nossa companhia aérea evoluiu de uma aeronave Douglas DC-3 em 1945, para uma moderna frota de 140 aeronaves atendendo mais de 100 destinos, tornando-se uma das maiores companhias aéreas da região”, disse Sua Excelência o Eng. Ibrahim Al-Omar, Diretor Geral do grupo árabe.

A pintura anterior, usada desde os anos 2000 (Saudia)

Segundo a empresa, a nova identidade de marca faz parte da revolução digital na companhia aérea, dentro do projeto Visão 2030, que o governo lançou a fim de atrair mais turistas ao país.

A mudança da Saudia ocorre em meio ao lançamento da nova transportadora árabe, a Riyadh Air, pertencente ao mesmo grupo, e que almeja ser uma concorrente global da Emirates Airline, Qatar e Etihad, entre outras.

Para marcar o momento, a Saudia apresentou cinco aeronaves com a nova pintura, um Boeing 777-300ER, dois 787-10 e dois Airbus A321neo.

Um Boeing 747-200 da Saudia nos anos 70 (Aero Icarus)

Total
0
Shares
Previous Post

Quantos KC-390 a Embraer pode vender a países interessados no maior avião brasileiro?

Next Post

Primeiro Airbus A321neo da LATAM chega ao Brasil

Related Posts
Total
0
Share