Uruguai mostra interesse pelo treinador avançado L-39NG

Representantes da Força Aérea Uruguaia estiveram nas instalações da fabricante checa Aero Vodochody
O jato de treinamento L-39NG (Aero)

O Uruguai avalia o treinador avançado L-39NG, da Aero Vodochody, revelou a fabricante checa nesta semana. Uma comitiva da força aérea do país sul-americano esteve recentemente nas instalações da empresa visitando a linha de montagem do jato de treinamento avançado e ataque leve.

Há bastante tempo, a Fuerza Aérea Uruguaya almeja substituir seus velhos jatos Cessna A-37 Dragonfly assim como preencher o lugar deixado pelos aviões de ataque IA 58 Pucará, desativados em 2017.

O Uruguai também avalia o russo Yakovlev Yak-130, mas nenhuma declaração sobre uma possível encomenda foi feita pelo governo do país até o momento.

Veterano da Guerra do Vietnã, o Cessna A-37 continua em operação no Uruguai (FAB)
Veterano da Guerra do Vietnã, o Cessna A-37 continua em operação no Uruguai (FAB)

O L-39NG é uma versão aprimorada do jato L-39 Albatros, que voou pela primeira em 1968 e que fui operado pela ex-União Soviética e vários outros países alinhados.

O protótipo do L-39NG teve seu motor Ivchenko AI-25TL substituído pelo FJ44-4M, da Williams International, além de receber uma nova suíte de aviônicos e um cockpit de vidro. O jato monomotor pode transportar até 1.650 kg em seus cinco pontos duros nas asas.

Segundo a Aero, o L-39 foi encomendado pela empresa estatal checa LOM Praha sp, que os usará para treinar os pilotos da Força Aérea do país, e também a República do Senegal.

A comitiva uruguaia assiste a apresentação do L-39NG (Aero)

Via Zona Militar

Total
0
Shares
1 comment

Comments are closed.

Previous Post

BOC Aviation faz pedido de 80 aeronaves da família A320neo

Next Post
Embraer E190-E2

SriLankan Airlines pode tornar-se cliente dos jatos E2, da Embraer

Related Posts
Total
0
Share