Airbus apresenta novo cargueiro BelugaXL

Aeronave baseada no jato A330 é projetado para transportar grandes componentes de outros aviões entre as fabricas do grupo europeu
O BelugaXL é projetado para transportar componentes de outros aviões (Airbus)
O BelugaXL é projetado para transportar componentes de outros aviões (Airbus)
O BelugaXL é projetado para transportar componentes de outros aviões (Airbus)
O BelugaXL é projetado para transportar componentes de outros aviões (Airbus)

O primeiro BelugaXL saiu do hangar de pintura da fábrica da Airbus em Toulouse, na França, revelando uma decoração especial com “cara” de baleia. O desenho foi uma das seis opções apresentadas aos funcionários do grupo europeu e escolhido por votação, que contou com a participação de 20.000 pessoas.

De acordo com a fabricante, o BelugaXL será submetido aos primeiros testes de solo antes de realizar seu primeiro voo, programado para o próximo semestre deste ano. A Airbus planeja construir cinco unidades do novo cargueiro, que é baseado no jato comercial A330-200. A estreia em serviço da aeronave está programada para 2019.

O Beluga XL é projetado para transportar uma carga útil de até 53 toneladas. Essa capacidade é 12,7% superior a do Beluga atual, que por sua vez é baseado no antigo A300, o primeiro avião comercial desenvolvido pela Airbus na década de 1970.

Super-transportador

O programa Beluga XL foi lançado em novembro de 2014 para atender aos novos requisitos de transporte logístico da Airbus. O novo modelo tem seis metros a mais de comprimento, é um metro mais largo e capaz de transportar mais seis toneladas comparado ao Beluga ST, cargueiro baseado no A300 que vem sendo peça fundamental da cadeia de produção do grupo Airbus desde 1995.

Um dos requisitos que o projeto do Beluga XL precisa atender é a capacidade de transportar as duas asas do A350 de um só vez, em vez de uma única seção, como acontece atualmente com o Beluga ST. A Airbus conta atualmente com cinco cargueiros desse tipo, que serão substituídos a partir de 2019 com a chegada do novo modelo.

A Airbus vai construir cinco cargueiros BelugaXL; avião estreia em 2019 (Airbus)
A Airbus vai construir cinco cargueiros BelugaXL; avião estreia em 2019 (Airbus)

Antes de transportar componentes de outros aviões com o Beluga ST, a Airbus cumpria essa mesma função com uma frota de Super Guppy, cargueiro quadrimotor turbo-hélice desenvolvido pela Boeing na década de 1960. Com o desenvolvimento de aeronaves com portes cada vez maiores, um cargueiro de maior capacidade foi necessário, situação que volta a se repetir com a exigência do Beluga XL.

Veja mais: Boeing apresenta conceito de avião comercial hipersônico

Total
0
Shares
Previous Post

Temer assina acordo de céus abertos com os Estados Unidos

Next Post
O Aquila tem a mesma envergadura de um Boeing 737 (de 43 metros), mas pesa apenas 399 kg (Facebook)

Facebook cancela projeto de avião solar não tripulado

Related Posts