Tartaruga gigante: A ANA comprou três A380 para voar em trecho do Japão para o Havaí (Airbus)

A Airbus apresentou nesta semana o terceiro e último jato A380 que será destinado a companhia aérea japonesa All Nippon Airways (ANA). O modelo “Flying Honu” da vez é customizado com uma pintura especial representando a tartaruga verde (também conhecida como Honu) nativa do Havaí, destino onde a empresa vem empregando seus superjumbos desde maio de 2019.

A ANA explica que a pintura laranja aplicada na aeronave é inspirada no “pôr do sol havaiano”. Os outros A380 da companhia são pintados em tons de azul e verde, representando respectivamente o céu e o mar que cerca a cadeia de ilhas no Oceano Pacífico.

Perto de ser finalizado, o último A380 da ANA deve voar nas próximas semanas e a companhia espera receber o jato ainda no primeiro semestre deste ano.

Com a chegada de seu terceiro A380, a ANA poderá aumentar as frequências na rota Narita-Honolulu de 10 voos atuais por semana para 14, expandindo significativamente a capacidade geral da companhia no trecho. O Havaí é um dos destinos mais procurados por turistas japoneses.

Ao finalizar o último A380 ANA, a Airbus terá adiante somente pedidos da Emirates a entregar (Airbus)

Os A380 da ANA são configurados com 520 assentos, sendo oito leitos de primeira classe, 56 poltronas na classe executiva, 73 da econômica premium e 383 da econômica.

A ANA foi a última companhia aérea a confirmar pedidos pelo A380, com uma encomenda por três unidades. O jato da Airbus, o maior aviação comercial de todos os tempos, terá sua produção encerrada em 2021 com 290 unidades construídas.

Cada um dos três A380 da ANA têm uma pintura diferente, todas inspiradas em paisagens do Havaí (Airbus)

Veja mais: Parceria entre Boeing e divisão comercial da Embraer é aprovada pelo CADE