American amplia pedido de 737 MAX 8 e posterga entregas do 787

Companhia aérea dos EUA irá comprar mais 23 jatos de corredor único da Boeing, mas atrasar chegada de mais widebodies Dreamliner em um quase um ano
Boeing 737 MAX 8 da American Airlines (Nathan Coats)

A American Airlines parece ter descoberto as vantagens em operar o 737 MAX após vê-lo estacionado por vários mese em meio aos problemas de segurança que a aeronave enfrentou.

A companhia aérea decidiu exercer a opção de compra de 23 Boeing 737 MAX 8 nesta semana, além de confirmar que planeja fazer o mesmo com outras sete reservas do modelo ainda neste ano.

Ao mesmo tempo, a empresa norte-americana vai adiar a entrega de novos 787-9 em quase um ano. A Boeing deveria entregar mais aeronaves do modelo a partir de janeiro de 2023, mas agora o primeiro widebody só será enviado no final do ano que vem.

A empresa esperar receber quatro 787-9 em 2023 e os demais, até 2027. Segundo a Boeing, a American Airlines tem 25 pedidos do Dreamliner ainda pendentes de entrega.

Boeing 787-9 Dreamliner (Hawkeye UK)

As mudanças nos contratos da American sugerem que o bom desempenho operacional do 737 MAX foi comprovado. A mais recente geração do jato proporciona uma economia de combustível muito grande além de uma autonomia capaz de atender rotas de médio distância. A Gol, outra cliente importante do modelo, tem acelerado a substituição do 737 NG pelo irmão mais novo.Gol obtém financiamento para 12 Boeing 737 MAX 8

Já o 787 Dreamliner vive seu inferno astral em meio aos problemas de produção que afetam suas entregas. A lenta recuperação do tráfego aéreo de passageiros de longa distância também tem feito muitas companhias aéreas reduzirem a frota de widebodies ou mesmo cancelarem pedidos de novos aviões.

Total
18
Shares
Previous Post

Em meio à restrições orçamentárias, FAB quer comprar mais 30 caças Gripen

Next Post

ATR 72-600 completa voos utilizando combustível sustentável

Related Posts
Total
18
Share