Gol obtém financiamento para 12 Boeing 737 MAX 8

Companhia aérea irá utilizar US$ 600 milhões para arrendar dez aeronaves e utilizar outros dois jatos em regime de sale-leaseback
Boeing 737 MAX 8 da Gol (Nathan Coats)

A Gol anunciou nesta segunda-feira (24) que fechou um financiamento de até US$ 600 milhões com a Castlelake LP para viabilizar o recebimento de 12 novos Boeing 737 MAX 8.

O valor será usado em arrendamento financeiro de 10 aeronaves e num regime de sale-leaseback de outros dois jatos. Além de bancar o custo de aquisição dos aviões, o acordo possibilita uma taxa de juros mais baixa do que a dos arrendamentos operacionais, explicou a empresa.

Também estão envolvidos no cálculo do empréstimo a devolução de jatos 737-800 NG. Ainda neste ano, a Gol espera retirar de serviço 18 desses aviões, que possum um custo operacional mais alto que o Max. Já as entregas dos novos jatos começou neste mês.

Atualmente, a companhia aérea brasileira possui encomendas que somam 102 Boeing 737 MAX, incluindo a variante MAX 10, de maior capacidade e que ainda não foi certificada.

“O financiamento dessas aeronaves Boeing 737 MAX marca o início de um novo ciclo de criação de valor em nossa frota,” disse Paulo Kakinoff, CEO da Gol. “Com condições favoráveis de mercado para novas aeronaves MAX e nossa forte parceria com a Boeing, como um de seus maiores clientes, essas aeronaves fortalecem ainda mais a nossa posição de liderança no mercado”.

A Gol tem acelerado a renovação da sua frota após as autoridades de aviação civil liberarem a operação com o 737 MAX, há pouco mais de um ano. A empresa já possui 24 aeronaves do modelo no Brasil, duas delas recebidas neste mês. A meta é terminar 2022 com 44 jatos operacionais.

Total
30
Shares
0 0 votes
Article Rating
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Deoclecio
Deoclecio
4 meses atrás

Uma empresa q se diz Brasileira e não tem um jato Embraer enquanto isso outros países estão comprando em massa o Embraer E 2, gol vergonha.

Geovanni Miguel
Geovanni Miguel
4 meses atrás

de brasileira a embraer tem só de nome
empresa já foi pra fora faz tempo

Previous Post

Após comprar o A220, Azorra encomenda 20 jatos Embraer E2

Next Post

Airbus cria companhia de cargas especiais com seus Belugas

Related Posts