Arajet pretende estrear rota Santo Domingo-São Paulo em agosto

Companhia aérea de ultra baixo custo da República Dominica está apenas há oito meses operando, mas planeja uma expansão ambiciosa para destinos na América
Jatos 737 MAX 8 da Araket (GD)

Rebatizada em 2021, a companhia aérea de baixo custo dominicana Arajet iniciou seus voos em setembro de 2022, mas nem o curto tempo em atividade impediu seus executivos de traçarem planos ambiciosos para a empresa.

Operando atualmente para destinos como Aruba, Curaçao, Bogotá, Cali, Cancún, Cidade do México, Kingston, Quito, San Salvador, San José da Costa Rica e Lima, a Arajet está colocando em prática uma segunda e terceira fases de expansão.

Siga o AIRWAY nas redes: Facebook | LinkedIn | Youtube | Instagram | Twitter

O objetivo é estabelecer rotas para várias cidades dos EUA e também da América do Sul. Nesse caso, além de Buenos Aires, Santiago, Assunção e Montevidéu, a Arajet pretende voar para São Paulo a partir da capital Santo Domingo em agosto.

De acordo com o Ministro do Turismo da República Dominicana, David Collado, em evento nesta semana, a Arajet começará a vender passagens para a rota já a partir de 15 de maio.

A Arajet fechou pedido para 20 737 MAX 8-200, de alta densidade (Boeing)

Apesar do anúncio, os voos ainda não aparecem programados no sistema SIROS, da ANAC. A Arajet havia solicitado autorização para voar para o Brasil no final do ano passado, incluindo também o Rio de Janeiro e Manaus.

A Arajet possui uma frota com cinco jatos Boeing 737 MAX 8 configurados com 185 assentos em duas classes. Em março de 2022, a transportadora encomendou 20 aeronaves 737-8-200, de alta capacidade, com opção para mais 15 aviões.

Total
0
Shares
Previous Post

Embraer fecha megavenda de 250 jatos Praetor 500 para a NetJets

Next Post

Embraer exibirá o E195-E2 “Tech Lion” em feira na Malásia

Related Posts
Total
0
Share