As 20 companhias aéreas mais seguras para 2022, segundo ranking

Air New Zealand lidera a lista das empresas mais confiáveis do ano feita pela Airline Ratings. Relatório também mostra o top 10 de cias de baixo custo com mais segurança para viajar
A321 da Air New Zealand (North Island Av/CC)

O ranking das 20 companhias aéreas mais seguras para voar em 2022 foi divulgado pelo site Airline Ratings, especializado em avaliar empresas de aviação de todo o mundo.

A Air New Zealand, da Nova Zelândia, lidera a lista como a mais segura para voar neste ano. Etihad Airways, Qatar Airways, Singapore Airlines e TAP aparecem na sequência completando o top 5.

Para determinar as opções mais confiáveis para viajar, a Airline Ratings monitora 385 companhias aéreas. A Air New Zealand recebeu destaque por operar em condições climáticas desfavoráveis e em locais considerados afastados.

“[A Air New Zealand] também está na vanguarda da inovação técnica e tem uma frota muito jovem, com uma idade média de apenas 6,8 anos”, disseram os criadores do ranking.

Veja as 20 companhias aéreas mais seguras de 2022:

  1. Air New Zealand
  2. Etihad Airways
  3. Qatar Airways
  4. Singapore Airlines
  5. TAP Air Portugal
  6. SAS
  7. Qantas
  8. Alaska Airlines
  9. EVA Air
  10. Virgin Australia/Atlantic
  11. Cathay Pacific Airways
  12. Hawaiian Airlines
  13. American Airlines
  14. Lufthansa/Swiss Group
  15. Finnair
  16. Air France/KLM Group
  17. British Airways
  18. Delta Air Lines
  19. United Airlines
  20. Emirates

Além da idade da frota, outros fatores levados em consideração para definir quais as empresas mais seguras de 2022 foram: não ter acidente aéreo em 5 anos e registro de incidentes graves em dois anos; auditorias de órgãos governamentais e da indústria de aviação; iniciativas de segurança; e protocolos de segurança contra a Covid.

“A Air New Zealand está muito honrada em receber este reconhecimento, especialmente devido aos altos padrões de segurança que o setor de aviação civil segue. Estamos em boa companhia e um grande parabéns a todas as companhias aéreas da lista”, disse Greg Foran, presidente-executivo da Air New Zealand.

Considerada a mais segura em 2021, a Qantas caiu para a 7ª colocação devido a um incidente no aeroporto de Perth, na Austrália. Na ocasião, um avião da empresa fez manobras irregulares durante o taxiamento e quase colidiu com outra aeronave.

O caso é de 2018, mas só foi relatado no final de 2020, o que impossibilitou a inclusão dos dados no ranking de 2021, explicou a Airline Ratings.

Mais seguras de baixo custo

Para dar uma gama de opções mais vasta aos consumidores, os editores do ranking também estabeleceram as companhias de baixo custo mais seguras, lideradas pela Allegiant Air, que acaba de encomendar 50 Boeing 737 MAX.

São empresas focadas em viagens mais baratas, com operações mais enxutas. Veja o top 10:

  1. Allegiant
  2. easyjet
  3. Frontier
  4. Jetstar Group
  5. Jetblue
  6. Ryanair
  7. Vietjet
  8. Volaris
  9. Westjet
  10. Wizz

Total
28
Shares
Previous Post

Fila de espera por jatos da Airbus vira trunfo para a Boeing

Next Post

Concorrência por tripulantes pode ameaçar eventual retorno da Itapemirim

Related Posts
Total
28
Share