Austrália quer adaptar F/A-18F para versão Growler

Boeing E/A-18G Growler

A Austrália decidiu que 12 dos seus 24 Boeing F/A-18F Super Hornet encomendados serão adaptados para capacidade de ataque eletrônico enquanto ainda estão na linha de produção. “Adaptar 12 dos Super Hornet para a versão Growler nos dará a oportunidade de prover aos contribuintes a melhor relação custo benefício”, disse o Ministro da Defesa australiano Joel Fitzgibbon.
“É um pequeno investimento a mais para melhorar a capacidade de ataque eletrônico de 12 Super Hornet e por isso a habilidade anular os sistemas das aeronaves oponentes”. A conversão irá custar 23 milhões de dólares a mais para Canberra do pedido de 24 Super Hornets feito no início de 2007. Se todos os 12 caças eventualmente forem convertidos em Growler, isso custará 240 milhões de dólares para a Austrália. Ume decisão final será tomada em 2012 disse o ministro da defesa.

“A modificação também proporcionará aos Super Hornet ter a capacidade de cumprir missões antiterroristas além de destruir base de comunicações terrestres e dispositivos de disparos de bombas”, disse Fitzgibbon.
A iniciativa da Austrália abre portas para possibilidades de vendas para clientes que querem abranger ou criar capacidade de ataque eletrônico com o Super Hornet Growler como Brasil, índia e Japão.

Total
0
Shares
Previous Post

Reino Unido pode cancelar A400M

Next Post

Sukhoi confirma entregar Su-35BM para Rússia em 2011

Related Posts