Áustria teria escolhido o KC-390 para substituir seus C-130 Hercules

Força Aérea do país teria decidido em favor da aeronave brasileira, mas compra pode ser feita por intermédio da Holanda, diz jornal austríaco
KC-390 da FAB (Sgt Bianca/FAB)

O KC-390 Millennium teria sido escolhido como substituto de três turboélices C-130K na Força Aérea da Áustria, sugere o Kronen Zeitung, citando fontes no governo.

A Áustria avalia adquirir novas aeronaves de transporte militar há algum tempo, incluindo a nova versão C-130J do Hercules, porém, teriam pesado o melhor desempenho do KC-390, um jato bimotor equipado com componentes amplamente usados na aviação comercial como os motores V2500.

NOTA DO EDITOR: a Áustria confirmou nesta quarta-feira a aquisição de quatro jatos C-390 Millennium da Embraer. Veja detalhes aqui.

A aquisição de um número não revelado de aeronaves seria feita por um arranjo bastante incomum, explica o jornal. Em vez de encomendar os KC-390 diretamente com a Embraer, a Áustria os receberia via a Holanda, outra cliente da aeronave.

A Real Força Aérea Holandesa anunciou o Millennium como aeronave substituta de seus C-130 em 2022, mas ainda não assinou contrato com a Embraer, o que é aguardado para os próximos meses.

De acordo com o Krone Zeitung, o governo holandês irá ampliar o pedido para até 10 aeronaves e então revendê-los aos austríacos.

A razão apontada pela mídia autríaca para não fechar um acordo com a Embraer foi o escândalo de corrupção da compra dos caças Eurofighter Typhoon nos anos 2000. Para evitar problemas, a ministra da Defesa, Klaudia Tanner, tem buscado acordos paralelos com outros países aliados, acrescenta o jornal.

A Áustria opera três C-130K adquiridos do Reino Unido há 20 anos (Adrian Pingstone)

Áustria namora o C-390 há tempos

O governo austríaco tem sido visto como um dos mais prováveis clientes do KC-390 após delegações do país participarem do primeiro encontro de operadores do jato militar em Portugal e da feira LAAD, no Brasil.

Em abril, o Ministério da Defesa enviou um pedido de informações para potenciais interessados em fornecer uma aeronave capaz de transportar até 20 toneladas de carga paga e realizar reabastecimento aéreo.

Apesar do bom relacionamento com países da OTAN, a Áustria é uma das poucas nações europeia que não aderiram à aliança militar, juntamente com Chipre, Irlanda e Malta.

Total
0
Shares
1 comment
  1. Os EUA tem utilizado do seu forte lobby diplomático e militar para influenciar as concorrências internacionais de cargueiro médio a favor do Hércules. Na concorrência da Austrália, isso ficou bem nítido, com o valor dos Hércules sendo muito superior ao dos KC-390. Vamos ver se irão influenciar os resultados das concorrências nos países europeus.

Comments are closed.

Previous Post

Embraer e FlightSafety terão novos simuladores de voo do jato executivo Praetor na Europa e nos EUA

Next Post

Confirmado: Áustria é a nova cliente do Embraer C-390 Millennium

Related Posts
Total
0
Share