Avianca inicia operação com pousos quase sem visibilidade

Companhia é a primeira no Brasil a empregar o ILS Categoria III, que permite pousos com mau tempo
A Avianca investiu R$ 4,5 milhões para introduzir o novo sistema em seus voos (Avianca Brasil)
A Avianca investiu R$ 4,5 milhões para introduzir o novo sistema em seus voos (Avianca Brasil)
A Avianca investiu R$ 4,5 milhões para introduzir o novo sistema em seus voos (Avianca Brasil)
A Avianca investiu R$ 4,5 milhões para introduzir o novo sistema em seus voos (Avianca Brasil)

A Avianca Brasil realizou nessa segunda-feira (13) os primeiros voos comerciais domésticos de passageiros do país sob a Categoria III (A) de visibilidade, para os quais recebeu certificação inédita da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), no dia 20 de maio.

Essa modalidade de operação permite que as aeronaves se aproximem por instrumentos e pousem em segurança, mesmo em condições visuais mais restritas, de apenas 200 metros de visibilidade.

Como explica a companhia, o novo recurso beneficia os passageiros, que não precisam mais descer em outros aeroportos em função do mau tempo.

Ainda de acordo com a Avianca, na manhã dos primeiros pousos por instrumentos, voos da companhia que partiram de Curitiba, Goiânia e Salvador em direção ao Aeroporto de Guarulhos chegaram no horário previsto, enquanto 12 voos domésticos de outras empresas foram alternados para localidades como Campinas e Ribeirão Preto, por causa do nevoeiro em São Paulo.

O processo de certificação da empresa para empregar o sistema de pouso por instrumentos (ILS) na categoria III levou quatro anos e incluiu um investimento de R$ 4,5 milhões em tecnologia e treinamento.

Veja no infográfico abaixo como o ILS Categoria III funciona:

Entenda como funciona o ILS e veja como a categoria III é mais precisa que as demais
Entenda como funciona o ILS e veja como a categoria III é mais precisa que as demais (Airway)

Veja mais: UberCOPTER estreia em São Paulo

Total
0
Shares
Previous Post
Balão na mira: o Ballon Kanone foi a primeira arma anti-aérea da história (Domínio Público)

“Ballon Kanone”, a primeira arma anti-aérea da história

Next Post
Do Model 40 ao jato 787, a Boeing esteve presente em praticamente todos os capítulos da história da aviação (Boeing)

Boeing celebra 100 anos de sua fundação

Related Posts