Boeing registrou encomendas de 82 jatos comerciais em fevereiro

Fabricante voltou a ver sua carteira de encomendas se expandir após meses de queda. Entregas somaram 22 aeronaves
Boeing 737 MAX da Southwest (Tomás del Coro)

A Boeing conseguiu reverter uma constante queda no número de jatos comerciais encomendados no mês passado. A fabricante dos EUA voltou a acumular vários pedidos, incluindo uma nova leva de aviões-taquen KC-46 para a Força Aérea dos EUA. Segundo dados da empresa, foram recebidos 82 pedidos de aeronaves, 39 deles do modelo 737 MAX, que há dois anos havia sido aterrado por problemas de segurança.

Sem contar as aeronaves militares, a Boeing teve um total de 55 jatos encomendados – além do MAX foram fechados acordos para quatro 787 Dreamliner (para clientes não identificados), 11 unidades do 777X para a Singapore Airlines e um 747-8, que estava estocado e que deverá ser convertido para transporte VIP.

Dos 737 MAX, 25 unidades foram encomendadas pela United Airlines enquanto as demais não tiveram os clientes revelados pela Boeing. A Singapore, por sua vez, já havia informado sua decisão de converter pedidos de 787 para o maior dos 777.

Com isso, o backlog de aeronaves comerciais da Boeing voltou a crescer após mais de um ano de queda. Segundo a empresa, são 4.978 aeronaves pendentes de entrega, porém, ajustes contábeis retiram desse total 937 aviões, sobrando então 4.041 unidades.

Boeing 777-9 da Singapore

Nessa lista de pedidos não garantidos estão 759 jatos 737 MAX, 124 777X e 54 787 Dreamliner. O widebody continua sem ter unidades entregues pelo quarto mês seguido.

A Boeing passa por problemas de qualidade em sua linha de montagem do Dreamliner e por isso teve que suspender as entregas enquanto corrige essas falhas.

A respeito de entregas, a empresa voltou a ficar atrás da Airbus. No mês passado foram entregues 22 jatos, incluindo duas aeronaves de uso militar. Entre os modelos civis estão 18 737 MAX, um 777-300ER e um cargueiro 767-300F.

Confira a lista de entregas de fevereiro

ClientePaísModeloMotorQuantidade
Aeroflot – Russian AirlinesRussian Federation777-300ERGE1
Air Lease CorporationUSA737 MAXCF2
Alaska AirlinesUSA737 MAXCF1
American AirlinesUSA737 MAXCF1
BDS U.S. Navy (P-8A Poseidon)USA737-800ACF1
BDS USAF Tanker ProgramUSA767-2CPW1
Business Jet / VIP Customer(s)USA737 MAXCF1
Copa AirlinesPanama737 MAXCF2
SMBC Aviation CapitalIreland737 MAXCF1
Southwest AirlinesUSA737 MAXCF5
TUI Travel PLCUnited Kingdom737 MAXCF1
United AirlinesUSA737 MAXCF3
UPSUSA767-300FGE1
WestJetCanada737 MAXCF1

Pedidos em fevereiro de 2021

ClienteModeloMotorAnoQuantidade
BDS USAF Tanker Program767-2CPW202127
Singapore Airlines777XGE202111
Unidentified Customer(s)737 MAXCF202114
Unidentified Customer(s)747-8GE20211
Unidentified Customer(s)787-10RR20214
United Airlines737 MAXCF202125

Total
0
Shares
Previous Post
Desaer ATL-100

Desaer anuncia fábrica em Araxá (MG)

Next Post

Gigantes de leasing: AerCap confirma compra da GECAS

Related Posts