C-767 é o novo avião de transporte da FAB

Boeing 767, que foi arrendado pela Força Aérea Brasileira, está pronto para ser entregue e receberá a matrícula 2900
O Boeing C-767 2900 pronto para ser entregue à FAB (reprodução: Fórum Aeroentusiastas)
O Boeing C-767 2900 pronto para ser entregue à FAB (reprodução: Fórum Aeroentusiastas)
O Boeing C-767 2900 pronto para ser entregue à FAB (reprodução: Fórum Aeroentusiastas)
O Boeing C-767 2900 pronto para ser entregue à FAB (reprodução: Fórum Aeroentusiasta)

Está pronta a mais nova aeronave da Força Aérea Brasileira. Designado como C-767, o Boeing 767 arrendado pelo Brasil foi finalizado por uma empresa americana e deve seguir para a base aérea do Galeão nos próximos dias. Com a numeração 2900, o novo avião de transporte da FAB é uma solução temporária após a aposentadoria dos KC-137, os famosos “sucatões”.

Na FAB, ele será responsável por diversas funções “como troca do contingente militar brasileiro que atua nas missões de paz no Haiti e no Líbano, o eventual transporte de delegações e contingentes militares nos Jogos Olímpicos Rio 2016, resgate de nacionais em áreas de conflito, atividades científicas e humanitárias”, disse o comunicado da Aeronáutica no início do mês.

A aeronave alugada pela FAB por três anos e renovável por mais um foi fabricada em 1992 e voou em três companhias. Foi entregue nova para a Martinair Holland onde voou por quase 20 anos. Em 2013, foi usada pela empresa grega SkyGreece Airlines onde teve uma curta passagem pela Air Madagascar. Com o fim das operações da SkyGreece, o 767 estava parado desde agosto do ano passado.

De acordo com a FAB, o 767 foi um investimento de US$ 20 milhões e a meta é utilizar o avião durante os Jogos Olímpicos, em agosto.

Programa KC-X2

A chegada do C-767, no entanto, não resolve a necessidade da Força Aérea Brasileira em ter em seu inventário um avião próprio para transporte e reabastecimento aéreo, previsto no programa KC-X2. A licitação para adaptação do mesmo modelo Boeing 767 para o padrão KC-767, capaz de reabastecer aviões em voo, foi vencida pela empresa IAI, de Israel, em 2013, mas não há previsão de quando  o governo federal assinará o contrato que prevê a conversão de três aeronaves.

Enquanto isso, apenas o lento C-130 Hercules está apto a reabastecer os caças atualmente.

Fotos publicadas no fórum Aeroentusiasta

Total
1
Shares
0 0 votes
Article Rating
46 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fábio
Fábio
6 anos atrás

Viva as Olimpíadas, a festa, o pão e o circo. Quem vota mal sofre e faz sofrer os que votam corretamente. Vamos desperdiçando até virar uma grande Venezuela misturada com Cuba…

Julio Zarnitz
Julio Zarnitz
6 anos atrás

ok, a atualização dos aviões é necessária. Mas porque alugar? O Brasil tem capacidade de comprar as aeronaves.

Marcos Policarpo
Marcos Policarpo
6 anos atrás

Olá Fábio! Fábio não me recordo de investimentos feitos em governos anteriores ao do PT. Você se lembra de algum?
Não é defesa, mas estes chavões sobre a Venezuela e sobre Cuba, acredito que já estão fora de moda.
Vamos tratar de fatos e não de falação.
Como eu não me lembro de investimentos antes deste governo eu pergunto. Ok.

CARLOS EDUARDO
CARLOS EDUARDO
6 anos atrás

Meu amigo, deixa essa síndrome de vira-lata sair desse corpo.
Uma coisa nada tem a ver com a outra. A aeronave é perfeitamente adequada ao uso a que se propõe. Um pais que tem pessoas pensando contra o tempo todo é um pais em rota de colisão consigo mesmo. O que tem a ver Cuba ou a Venezuela com o assunto???

a REPORTAGEM ESTÁ OTIMA!!

Eduardo T
Eduardo T
6 anos atrás

Air Madagascar??? Aquela dos penguins?? Aff!! rsrsr

Brincadeiras a parte, é um belo avião!

Marcelo
Marcelo
6 anos atrás

O KC 390 não irá assumir o papel de abastecedor ou ainda assim será necesário um 767 para este papel?

Victor Faustino
Victor Faustino
6 anos atrás

Prezado Ricardo Meier:

“Na FAB, eles será responsável por diversas funções.. ”

há aqui um erro de concordância amigo. Reitere a frase para:
Na FAB, eles serão responsáveis por diversas funções..

luciano pinheiro
luciano pinheiro
6 anos atrás

Prezado Fábio, você poderia nos confidenciar qual foi o candidato de quem “votou certo?” Grato !

Mauricio
Mauricio
6 anos atrás

Que pobreza, gente… Trocaram uma cueca furada e esgarçada por uma desbotada alugada e tingida.

MD 11 CARGO ER
MD 11 CARGO ER
6 anos atrás

E o dinheiro do povo cada vez mais bem empregado. Viva o congresso nacional…um brinde ao nossos ministérios.

alexandre
alexandre
6 anos atrás

que bizzarro, país incapaz de ter seus próprios aviões, ter que alugar? isso cheira corrupção… país atravessando a barreira da mediocridade…

Wilson Mittre
Wilson Mittre
6 anos atrás

quem votou “certo” tambem votou em alguém que criticava os errados, mas bebia água da mesma fonte. resumindo, ninguém votou certo

Rafael
Rafael
6 anos atrás

Pergunta de leigo, não a faço com ironia nem nada disso.
É realmente lógico alugar por três anos uma aeronave já com 24 anos de idade e que tenha passado por tantos donos? É, acima de tudo, seguro?
Não compensava comprar uma aeronave nova?

Fio da Navalha
Fio da Navalha
6 anos atrás

Carlos Eduardo, apoiado ! O que falta aos brasileiros são escolas de qualidade, educação de qualidade. Sem isso teremos muita ignorância.

Peri Salles
Peri Salles
6 anos atrás

Só o governo brasileiro mesmo para arrendar uma aeronave com 24 anos de idade … vai virar outro “Sucatão” logo logo.

Fabricio
Fabricio
6 anos atrás

Caro Marcos. Sim, teve investimentos como as aeronaves para o SIVAM e Super Tucano.

Yo Hayashi
Yo Hayashi
6 anos atrás

Quais caças cara pálida? Os velhos AMX, F5 e Mirages estão parados por falta de manutenção…o programa FX quase parando…então vamos reabastecer o que? Em breve teremos o KC390 capacitado para reabastecer, cargueiro e atendimento humanitário. Então não precisamos destes aviões para ficar carregando autoridades, que por sinal deveriam usar aeronaves de carreira…

Ricardo Araujo
6 anos atrás

Quanta desinformação. A maioria das empresas, senão todas, não compra avião. Faz leasing. Exatamente para não ficar com um “sucatão” durante tanto tempo.

Quanto ao comentário referente à “cubanização” ou “venezualização” do Brasil, caberia um pouco mais de bom senso estudo mais profundo, através de fontes alternativas de informação senão aquelas na norte-america, para se entender o que ococrre na America Latina hoje. Somos, pela ajuda inestimável de pessoas como essas, um quintal mal cuidado dos EUA. Um pouco de estudo de história também cairia bem.

ricardao@gmail.com
6 anos atrás

20 anos de uso intensivo, mas 3 anos de uso na Air Madagascar, mais uns 3 anos parado, mais 2 anos em manutenção e o tempo de fabricação, putzz essa aeronave tem quase 30 anos…esse Brasil é uma favela mesmo!!!! assim não dá, assim não pode..

Jose Carlos Junior
Jose Carlos Junior
6 anos atrás

Julio, como vc deve ter lido, é um avião velho, com pouca vida útil…é um quebra galho, para ser usado em 4 anos. então é melhor alugar e se isenta de vários custos de manutenção etc.

Marcelo
Marcelo
6 anos atrás

A Transbrasil faliu. Havia dois 767 em uso que ficaram inicialmente num hangar em BSB… A dívida maior da empresa era com o governo. Por que não arrestaram aqueles aviões quando a transbrasil faliu…? Deixaram os aviões virarem sucata depois de mais de 10 anos abandonados.

Juka
Juka
6 anos atrás

Com o dinheiro que foi desviado do governos e das estatais daria para comprar uma frota desses aviões….

marcelo
marcelo
6 anos atrás

Vocês não sabem nada de avião. Acho que nunca entraram em um.

Renato
Renato
6 anos atrás

Marcos Policarpo, infelizmente para vc, chavões sobre a Venezuela não estão fora de moda não. Você verá cada vez mais (más) notícias sobre aquele país.

lucas
lucas
6 anos atrás

Aeronaves não são como carros. um avião com 20 anos é ainda novo para os padrões aeronáuticos. O KC-390 não terá capacidade de transportar tanto combustivel e ir tão longe quanto o KC-767. No quesito “reabastecimento em voo” são aplicações diferentes e distintas. um complementa o outro. A questão de alugar está relacionada ao fato de o governo ainda não ter liberado dinheiro para compra, já que o custo de aquisição é consideravelmente maior que o de arrendamento. E se em todos os casos fosse melhor comprar, não existiriam várias companhias aéreas arrendando aviões para voar. tudo depende….

Francisco
Francisco
6 anos atrás

Não compensa comprar uma aeronave para ser usada só por 3 anos. A Embraer já está desenvolvendo aviões para esta função e que serão novos e de fabricação brasileira. Uma aeronave dura muito mais que 20 anos.

JOSE ROBERTO VIEIRA
JOSE ROBERTO VIEIRA
6 anos atrás

O LIXÃO DE 40 ANOS 35 PAISES, 125 BILHÕES DE KM RODADOS, SUBSTITUINDO NOSSO FAMOSO SUCATÃO….LIXÃO SUCATÃO COMBINA BEM COM NOSSA NAÇÃO….

Raul Materazzi
Raul Materazzi
6 anos atrás

Nunca imaginei que o aluguel de um avião com 20 anos de uso, fosse tão caro.

claudiomir
claudiomir
6 anos atrás

Fiz algumas viagens neste sucatão na decada de 90, até que foi legal e sem qq susto, afinal a manutenção dada pela FAB sempre foi muito boa!
Vou sentir saudades!!!

Marcelo Sousa
Marcelo Sousa
6 anos atrás

Que vergonha isso sim, um pais como o BRASIL não tem condições de ter uma aeronave NOVA ??? tem que usar aeronave de mais de 20 anos dos outros? Parem de roubar o povo com corrupção que sobra dinheiro para fazer o que é o certo isso sim, não tenho orgulho desse NOVO SUCATÃO não!!!

Marcelo
Marcelo
6 anos atrás

Temos a Embraer que é uma empresa nacional. Porque a FAB não comprou o avião deles? Se queria alugar, também deveriam ter alugados deles…

Isatamo
Isatamo
6 anos atrás

Trocaram o sucatão por um sucatinha.

Lâmpada de Diógenes
Lâmpada de Diógenes
6 anos atrás

Estejam seguros que a FAB fez uma abrangente análise de custo X benefício, considerando todas as variáveis, cenários, possibilidades e disponibilidade financeira. Assim, é lógico que a questão compra X arrendamento foi devidamente considerada. Só não terá sido a melhor opção se tiver havido ingerência política, contrariando os estudos técnicos da FAB.

Marinho
Marinho
6 anos atrás

Alguém poderia dizer-me como votar certo. É possível encontrar uma lista de políticos não corruptos?

TEN CEL AV LARA
TEN CEL AV LARA
6 anos atrás

SE OS COMENTARISTAS TIVESSEM UM CONHECIMENTO MELHOR DE AVIÕES E DA FAB …….SERIA POSSÍVEL LÊ-LOS SEM FICAR ABISMADO PELA IGNORÂNCIA DO ASSUNTO …..

Arthur Coelho
Arthur Coelho
6 anos atrás

Com esta idade já nasce sucatão.

Alexandre
Alexandre
6 anos atrás

Marcos Policarpo, houve investimentos sim, a remotorização dos T-25 que proporcionaram e ainda proporcionam um avião de treinamento inicial dos cadetes da AFA, os programas de modernização dos AMX e C-95 tiveram inicio no governo anterior ao do PT, é bem verdade que acabou sendo realizado no governo PT, mas os estudos e homologações são anteriores, a modernização e até compra dos Esquilos da FAB e da Bavex foram no governo anterior. logo …

Flávio
Flávio
6 anos atrás

Roubo atrás de roubo e tem que alugar o 767 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Viva o governo brasileiro.

Ainda bem que queimei meu titulo eleitoral

Gil
Gil
6 anos atrás

Certamente, nossas “competentes” autoridades, tomaram a melhor decisão para o bem estar do país.Acredito 100% em nossas transparentes e magníficas autoridades…é de chorar.

GUI
GUI
6 anos atrás

Ridiculo. Governo Brasileiro devia dar exemplo e usar um EMBRAER !

Paulo R.
Paulo R.
6 anos atrás

O pior eh ouvir asneiras falando q aviao de 20 anos eh aviao velho… ja fiz manutenções em máquinas da decada de 60 e melhores que nuitas maquinas novas… existem maquinas com dois ou tres anos de uso que apresentam panes e se acidentam… o leasing eh a melhor forma de se ter uma máquina… o custo eh menor…

marcos
6 anos atrás

CORRUPÇÃO COM CERTEZA!, todos os veículos alugados gera corrupção, o aluguel é a melhor desculpa, gera nota fiscal com superfaturamento. bem fácil roubar os bestas dos brasileiros, lugar que tem fabrica de avião, vende muito e não pode comprar um. É SUPER FÁCIL ROUBAR , o melhor é que não dar cadeia e se der fica poucos dias, sai pronto para roubar de novo. e o povo corrupto também vota novamente por 50,00 ou 100,00r$

HUGO ELY RAMOS
HUGO ELY RAMOS
5 anos atrás

Sem prejuízo aos KC – 767, mas peço a todos, um minuto de silêncio aos KC – 137 que foram sumariamente destruídos, sem ter tido chance de ser visitados no MUSAL, para serem contemplados pelo tempo de serviço prestados a Força Aérea Brasileira!

antonio carlos
antonio carlos
5 anos atrás

Devido a falência do Estado Brasileiro pela máfia pt a compra de 3 KC-767 usados pelo prog. KC-X2 nos EUA foi cancelada. Assim foi feita licitação para alugar um usado por 6 meses. Venceu uma empresa que não tinha e um e pelo visto achou bem usadão de 1992 e rodado que não faz REVO.

Carlos Dorneli
Carlos Dorneli
5 anos atrás

Na minha humilde opinião uma boa alternativa seria uma nova parceria com a Embraer para a construção/criação de uma nova aeronave. Uma aeronave com alcance e tamanho maiores do que os novos ejets, com maior capacidade de carga também. A Embraer poderia seguir em três nichos: o principal do projeto que seria o governo federal com aviões para as forças armadas e serviço presidencial, aviação comercial de passageiros (que posteriormente se tornaria o principal) e de cargas. Porém, tendo em vista que teve (não sei se ainda tem) atrasos nos repasses do governo federal com o projeto do kc-390, terá que ter uma longa conversa entres governo e empresa.

Previous Post
O gigante cargueiro C-5 Galaxy em seu "repouso": maior cemitério de aviões do mundo

Davis-Monthan, o maior cemitério de aviões do mundo

Next Post
O KC-390 deve estrear com a Força Aérea Brasileira em meados de 2018 (FAB)

Embraer prepara maior apresentação de sua história

Related Posts
Total
1
Share