Caça Lockheed Martin F-35 seria favorito a ser escolhido pela Finlândia

Competição HX terá o vencedor anunciado antes do Natal, diz mídia finlandesa. Aeronave substituirá o F/A-18C/D, que está em serviço desde os anos 90
Um caça F/A-18C finlandês ao lado do F-35: favorito (FAF)

A Finlândia deve se tornar a nova cliente do caça stealth Lockheed Martin F-35, segundo o jornal Iltalehti, de Helsinque. O governo do país nórdico deve anunciar o vencedor da competição HX que escolherá a aeronave que substituirá os jatos Boeing F/A-18C/D que estão em serviço desde os anos 90.

Participam da concorrência a Saab (com o Gripen E/F), Eurofighter (Typhoon), Dassault (Rafale), Boeing (F/A-18E/F) e a Lockheed, com a versão F-35A.

O Iltalehti afirma ter ouvido de fontes internas do Ministério da Defesa finlandês que o F-35 se mostrou a melhor opção em desempenho e na longa vida útil – a aeronave deverá se manter atualizada até pelo menos 2060.

A Finlândia determinou um teto para o custo operacional dos novos caças, que não podem ultrapassar 10% do orçamento de defesa da nação em tempos de paz, que atualmente seria de 250 milhões de euros.

A licitação HX foi lançada em 2015 e em maio deste ano os concorrentes enviaram suas propostas finais. O custo de aquisição dos caças é estimado em US$ 12 bilhões (cerca de R$ 68 bilhões), mas a quantidade de aviões depente de cada proposta. A Saab, por exemplo, ofereceu 64 caças Gripen E/F além de dois aviões GlobalEye, de alerta aéreo antecipado (AEW&C).

A concorrência finlandesa sugere seguir passos semelhantes ao que o ocorreu com a Suíça. A nação europeia analisou os mesmos concorrentes para substituir seus F/A-18 e acabou preferindo do jato da Lockheed Martin por conta de ser o único participante de 5ª geração, o que provocou protestos de grupos que defendiam a escolha de uma aeronave produzida no continente.

O governo finlandês deve anunciar o caça vencedor nos próximos dez dias.

A Saab ofereceu o Gripen E/F e dois jatos AEW GlobalEye (Saab)

Total
34
Shares
Previous Post

Helicóptero Kamov Ka-62 é certificado na Rússia

Next Post

Airbus A321XLR entra em montagem final

Related Posts
Total
34
Share