Helicóptero Kamov Ka-62 é certificado na Rússia

Aeronave é derivada do modelo militar Ka-60 e destinada ao mercado civil. Produção deve começar em 2022, afirmou a Russian Helicopters
O Ka-62, novo helicópeto médio russo (RH)

A Russian Helicopters anunciou na semana passada que o helicóptero multifunção Ka-62 foi certificado pela Agência Federal de Transporte Aéreo (Rosaviatsiya) da Rússia após três anos de testes.

A aeronave de porte médio é derivada do helicóptero militar Ka-60, projetado pela Kamov e que voou pela primeira vez em 1998.

No começo da década passada, a fabricante decidiu lançar a versão civil Ka-62 substituindo os motores russos Saturn pelo francês Ardiden, fornecidos pela Turbomeca.

O voo inaugural do Ka-62 ocorreu em 2017 e desde então três protótipos acumularam 434 voos com duração total de 700 horas.

“A obtenção de um certificado de tipo para o Ka-62 é um marco importante para a indústria russa de helicópteros. A partir do próximo ano, planejamos iniciar a produção em série em grande escala e as entregas do veículo para operadores russos. Em 2022-2024, trabalharemos na expansão das capacidades operacionais do helicóptero por meio da certificação de equipamentos adicionais – suspensão externa, guincho de bordo, módulo médico, sistema anti-gelo”, afirmou a Rostec, empresa que controla a Russian Helicopters.

O Ka-62 é um helicóptero de médio porte cujo 60% do peso é composto por materiais compostos. A configuração de rotor principal associado a um rotor de cauda carenado é bastante incomum para a Kamov, conhecida pelos helicópteros com rotores co-axiais.

O novo helicóptero russo possui autonomia de 700 km e velocidade máxima é de 310 km/h. O Ka-62 pode transportar até 15 passageiros ou 2 toneladas de carga.

A Russian Helicopters não revelou quantos Ka-62 foram encomendados até o momento.

O helicóptero militar Ka-60, de onde surgiu o Ka-62 (Vitaly V. Kuzmin)

Total
37
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
MAX Medeiros Borges
MAX Medeiros Borges
8 meses atrás

ficou bonito

Previous Post

Fusão MiG-Sukhoi é aprovada pelo conselho de administração da UAC

Next Post

Caça Lockheed Martin F-35 seria favorito a ser escolhido pela Finlândia

Related Posts
Total
37
Share