Caça Sukhoi Su-57 terá versão de dois lugares

Aeronave poderá ser o primeiro caça de 5ª geração a oferecer essa configuração, afirmou governo russo
Vitaly V. Kuzmin
Caça Su-57 ao lado de um MiG-29 de dois assentos

O caça stealth Su-57 terá uma versão com dois assentos, confirmou na quarta-feira, 16, o Vice-Primeiro Ministro Yuri Borisov à agência TASS.

Segundo o executivo do governo Putin, a Sukhoi desenvolve a variante do caça de 5ª geração como uma configuração de exportação.

“O Ministério da Defesa e o Sukhoi Design Bureau têm planos de desenvolver uma aeronave de dois pilotos que aumentará a demanda de exportação para este modelo… e pode criar uma demanda adicional”, disse Borisov durante viagem à região de Primorye no extremo leste da Rússia.

Para obter mais recursos financeiros para o programa, a UAC passou a oferecer o Su-57 no mercado internacional, o que não é comum em uma aeronave que acaba de entrar em serviço na Força Aérea da Rússia.

A Rostec, estatal de tecnologia que abriga a UAC, explicou que a versão de dois lugares poderá ser usada para “diminuir o estresse psicológico de pilotos inexperientes”. A empresa ainda observou que o Su-57 poderá ser o primeiro caça de 5ª geração com dois lugares.

O desenvolvimento de variantes de dois lugares e de treinamento tem sido cada vez menor nos projetos de caças mais recentes. A Lockheed Martin, por exemplo, não construiu o F-22 e o F-35 com essa variante.

Imagem de computador mostra o caça chinês J-20 em configuração de dois assentos (AVIC)

Em vez disso, são usados simuladores para treinar pilotos enquanto a extensa automação dos sistemas dispensa a presença de um segundo tripulante para missões mais complexas.

A China, no entanto, pode se juntar aos russos ao produzir uma versão de dois assentos do caça stealth J-20. Em janeiro, um vídeo divulgado pela fabricante AVIC mostrava uma imagem de digitalizada de vários “Mighty Dragon” em configuração de dois lugares. Até o momento, a PLAAF não confirmou se a aeronave será de fato produzida em série.

Total
19
Shares
Previous Post

Primeiro 737 MAX 8-200 da Ryanair está a caminho da Irlanda

Next Post

Qantas agora prevê contar com 18 jatos E190 da Embraer

Related Posts