China Eastern Airlines espera pelo primeiro jato C919 ainda neste ano

Companhia aérea chinesa deve ser a primeira cliente do novo avião de passageiros da COMAC e que estreará na subsdiária OTT Airlines
COMAC C919
O C919 em voo (COMAC)

O jato comercial C919 deverá ter sua primeira aeronave entregue ainda em 2021, de acordo com o relatório de resultados da China Eastern Airlines, divulgado na terça-feira, 31.

A companhia aérea chinesa espera contar com o primeiro avião da COMAC neste ano, enquanto outros dois C919 serão entregues em 2022 e mais dois em 2023.

A China Eastern tem um pedido de 20 aeronaves C919, sendo cinco deles firmes. O grupo que controla a empresa aérea anunciou no ano passado que a subsidiária OTT Airlines será incumbida de estrear o novo jato da COMAC.

Apesar do atraso no desenvolvimento, o C919 deve receber a certificação da autoridade de aviação civil da China até o final deste ano.

O plano de frota da China Eastern, divulgado nesta terça-feira

Lançado em 2008, o C919 é o programa de aeronave comercial mais ambicioso da China, mas que sofreu enormes atrasos. O jato narrowbody possui semelhanças com o Airbus A320, oferecendo até 168 assentos em classe única.

O primeiro voo ocorreu em maio de 2017 e no momento seis aeronaves de testes estão realizando o programa de certificação. O C919 utiliza um turbofan LEAP-1C, fornecido pela CFM, porém, um bloqueio comercial dos EUA ameaça o fornecimento no componente.

Por essa razão, o governo chinês desenvolve uma alternativa local, o motor ACAE CJ-1000A, considerado uma cópia de turbofans ocidentais.

A OTT Airlines é uma subsidiária da China Eastern e que terá a missão de voar com as aviões da COMAC

A COMAC não detalha sua carteira de pedidos, mas alega ter 815 encomendas da aeronave.

Total
17
Shares
Previous Post

Rússia amplia modernização do MiG-31 enquanto pensa em novo caça

Next Post

Britânica Jet2.com assina acordo para 36 A321neo com a Airbus

Related Posts