China Southern pode ser a próxima empresa a aposentar o Airbus A380

Maior empresa aérea chinesa, a China Southern Airlines opera cinco exemplares do Airbus A380
Airbus A380 - China Southern Airlines
A China Southern Airlines é o único operador do A380 no mercado chinês, com cinco jatos na frota (Airbus)

A vida do gigante Airbus A380 não está fácil em nenhuma parte do mundo, nem mesmo no próspero mercado de aviação comercial da China. Único operador do gigante quadrimotor no país, a China Southern Airlines indicou que pode aposentar suas aeronaves em meio às incertezas da recuperação das viagens aéreas internacionais em função da pandemia da covid-19.

Falando durante o evento CAPA Live, Guoxiang Wu, vice-presidente sênior da companhia chinesa, afirmou que está avaliando “como podemos resolver esse problema”, comentando sobre as dificuldade em operar o A380 neste período de baixa demanda por viagens internacionais. “Devemos pensar no A380 e se ele é muito grande para as rotas”, disse o executivo, acrescentando que este é um problema que deve ser observado por todos os operadores do modelo.

“O custo de operação é muito alto e, para atender a demanda futura pelas rotas internacionais, ainda não temos sinal de recuperação nos próximos anos. Portanto, devemos pensar na estrutura de nossas frotas, principalmente para os widebodies”, explicou Guoxiang.

O executivo, porém, não comentou se a empresa já tem uma decisão final sobre a retirada ou não do A380. A empresa tem atualmente cinco aeronaves do tipo na frota e todas elas estão em serviço, operando voos do sul da China para a Austrália, Europa, Estados Unidos e Japão.

“Precisamos reestruturar nossa frota, incluindo a retirada de aeronaves antigas, algumas aeronaves widebody, cortar algumas entregas de novas aeronaves e reestruturar a estrutura de arrendamento financeiro”, finalizou Guoxiang.

Total
39
Shares
Previous Post
Irkut MC-21

Estreia do jato russo Irkut MC-21 é adiada para 2022

Next Post
Xwing-Cessna Caravan

Avião autônomo faz primeira demonstração de voo comercial nos EUA

Related Posts