Embraer congela programa do jato E175-E2 por mais três anos

Aeronave só deverá entrar em serviço entre 2027 e 2028, afirma fabricante, que alega problemas no mercado e sucesso do E175 como motivos
Embraer E175-E2
Embraer E175-E2 (Embraer)

A Embraer voltou a postergar o programa do jato E175-E2, desta vez por três anos. Em comunicado enviado aos acionistas e ao mercado financeiro, a fabricante revelou que o conselho administrativo da empresa aprovou uma pausa no desenvolvimento da aeronave.

Por conta da mudança, a Embraer reprogramou a entrada em serviço do E175-E2 para o intervalo entre 2027 e 2028.

A empresa atribuiu a suspensão às “discussões em andamento da cláusula de escopo das grandes companhias aéreas dos EUA com os sindicatos de pilotos sobre a limitação de peso máximo de decolagem (MTOW) para aeronaves com até 76 assentos, juntamente com as condições atuais do mercado global para aviação comercial”.

A Embraer também considerou que o contínuo interesse das companhias aéreas dos EUA pelo E175 de primeira geração contribuiu para ratificar a decisão. A aeronave de 76 lugares é a única atualmente em produção que atende às cláusulas de escopo.

O E175-E2 foi projetado tendo em vista um possível relaxamento das regras que limitam a utilização de jatos pelas companhias aéreas regionais ligadas às grandes empresa aéreas dos EUA.

O Embraer E175 continua vendendo bem nos EUA (Republic)

O jato pode transportar até 90 passageiros em classe única ou ser equipado com 80 assentos em três classes. Seu peso máximo de decolagem, de 44.600 kg, também excede com bastante margem a cláusula de escopo, limitada a 39.000 kg.

É a terceira vez que a Embraer atrasa o cronograma do E175-E2. Em 2020, a empresa anunciou que o avião não estrearia mais em 2021 e sim em 2023. No ano passado, a previsão voltou a ser postergada, desta vez para 2024.

O E175-E2 não possui clientes no momento, após um pedido de 100 aeronaves pela Skywest Airlines ser retirado da carteira de pedidos diante da falta de perspectivas de mudanças na cláusula de escopo.

O primeiro protótipo do E175-E2 voou pela primeira vez em dezembro de 2019https://www.airway.com.br/novo-jato-e175-e2-da-embraer-completa-primeiro-voo/, após os irmãos maiores E190-E2 e E195-E2.

Total
30
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
ROBERTO WAGNER AUGUSTO
ROBERTO WAGNER AUGUSTO
5 meses atrás

É quase inacreditável, não ter mercado para essa aeronave, na Europa, Ásia, África, Oceania….realmente triste.

Previous Post

ITA Airways vai utilizar dois Embraer E190 alugados

Next Post

20 anos do 1º voo do E-Jet, jato comercial que mudou a história da Embraer

Related Posts
Total
30
Share