Embraer constroi pista de terra para testes do C-390 Millennium

Área de testes foi aberta ao lado da pista de asfalto da unidade Gavião Peixoto, onde fica a linha de montagem do jato multimissão
O KC-390 realiza operação em pista de terra em Gavião Peixoto (Embraer)

A Embraer iniciou testes com o cargueiro militar C-390 Millennium em pistas não pavimentadas nos últimos dias. A novidade é que, para realizar as avaliações com jato bimotor, a fabricante brasileira construiu uma nova pista paralela a existente na unidade de Gavião Peixoto.

Com 1.800 metros, a pista em terra batida já foi usada pela aeronave multimissão, segundo imagens divulgadas pela Embraer.

O C-390 Millennium é um concorrente do Lockheed Martin C-130 Hercules que oferece como principais vantagens uma velocidade de cruzeiro superior graças ao motores turbofan V2500 e uma carga paga também maior que o famoso turboélice.

No entanto, a aeronave da Embraer é frequentemente confrontada com supostas limitações em relação ao seu desempenho, como em certos regimes de voo em baixa velocidade ou operação em pistas não preparadas por conta da ingestão de detritos nos motores.

Por razões como essa, a demonstração de capacidade em qualquer ambiente é fundamental para convencer potenciais clientes do C-390 Millennium a fecharem acordos com a Embraer, além, é claro, de cumprir os requisitos de certificação.

O programa do C-390 passa por um revés bastante significativo com o anúncio de que a Força Aérea Brasileira reduzirá sua encomenda de 28 aeronaves, por conta de restrições orçamentárias. Além disso, a FAB afirmou que deverá estender o cronograma de entregas.

O governo brasileiro, no entanto, ainda não revelou quantos aviões permanecerão sob contrato, mas cogita-se que o pedido seja cortado em torno da metade.

Além do Brasil, apenas Portugal (5 aeronaves) e Hungria (2 aviões) encomendaram o C-390 até o momento.

Total
108
Shares
Previous Post

Ofuscada pela Sukhoi, MiG revela maquetes de seus projetos na MAKS 2021

Next Post

Frota da Itapemirim chega a quatro jatos Airbus A320

Related Posts