O head-up display fornece as principais informações sobre o voo na altura dos olhos do piloto (Embraer)

O head-up display fornece as principais informações do voo na altura dos olhos do piloto (Embraer)

A Embraer recebeu nesta semana a certificação da ANAC e órgão de aviação dos Estados Unidos e Europa para equipar os jatos executivos Legacy 450 e Legacy 500 com equipamentos que parecem ter saído de aviões militares.

O novo recurso é o “Embraer Enhanced Vision System” (E2VS), composto pelo painel com head-up display e um sistema de visão avançada. De acordo com o fabricante, essas tecnologias aumentam a segurança durante o voo em condições climáticas adversas e de baixa visibilidade, permitindo completar um maior número de operações sem alternar o destino original do voo – na aviação isso é o chamado “pouso alternado”, causado principalmente por fatores meteorológicos e dificuldades de visualização da pista.

“Os jatos executivos Legacy 450 e Legacy 500 são as primeiras aeronaves em suas respectivas categorias a disponibilizar esse padrão de desempenho operacional,” disse Marco Tulio Pellegrini, presidente da Embraer Aviação Executiva. “Combinado à tecnologia de controle completamente digital fly-by-wire, o sistema de visão avançada oferece, por uma fração de preço, uma inovação que até então estava disponível somente em aeronaves de grande porte”, completou Pellegrini.

Visão eletrônica

O head-up display é uma tela adicional no painel de comando do avião, mas posicionado na linha dos olhos dos pilotos. Esse tipo de equipamento é “item de série” em aeronaves militares de caça ou de ataque ao solo, pois facilita a visão do ambiente e ao mesmo tempo repete os dados dos principais instrumentos de voo de forma rápida e simplificada.

Já o sistema de visão avançada é uma câmera com imagem multiespectral (infravermelho), instalada acima do nariz da aeronave. A principal função do equipamento é “enxergar” a pista, mesmo que o piloto ainda não consiga visualizá-la. A própria câmera identifica as luzes de aproximação do aeroporto e, combinado aos comandos fly-by-wire, coloca o avião automaticamente na rota de pouso.

Exemplo da visão que o novo sistema oferece ao piloto (Rockwell Collins)

Exemplo da visão que o novo sistema oferece ao piloto (Rockwell Collins)

O novo equipamento para os jatos Embraer Legacy é fornecido pela Rockwell Collins, empresa dos EUA que desenvolve sistemas aviônicos para diferentes tipos de aeronaves, inclusive para aviões militares.

Veja mais: Dassault entrega primeiro jato Falcon 8X