FAB recebe primeiro Airbus C295 de busca e resgate

Aeronave será exibida no Paris Air Show e realizará tour internacional antes de voar para o Brasil
O C295 SAR brasileiro voando pela costa da Espanha (Airbus)
O C295 SAR brasileiro voando pela costa da Espanha (Airbus)
O C295 SAR brasileiro voando pela costa da Espanha (Airbus)
O C295 SAR brasileiro voando pela costa da Espanha (Airbus)

A Força Aérea Brasileira (FAB) recebeu nesta sexta-feira (16) a primeira aeronave Airbus C295 na configuração de busca e resgate (SAR – Search and Rescue). A entrega foi feita nas instalações da Airbus Defence and Space, em Sevilha, na Espanha, na presença de Raul Jungmann, ministro da defesa do Brasil, o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, e de Bernhard Brenner, vice-presidente de marketing e vendas da Airbus Defence and Space.

A nova aeronave será integrada em julho à frota existente de 12 C295s configurados para transporte – no Brasil, esse avião é chamado de C-105 “Amazonas”. Os termos do acordo também incluem um contrato de cinco anos para suporte completo durante a operação (FISS – Full In Service Support).

“Somos muito gratos por esta renovada demonstração de confiança vinda de um cliente de muitos anos, que usará o C295 para realizar tarefas críticas para a Força Aérea Brasileira. O C295 tem grande aprovação em missões de busca e resgate e representará um grande salto em capacidade para o Brasil”, diz Brenner.

Após a cerimônia de entrega, a nova aeronave voará para o Paris Air Show para ser exibida na área de exposição estática da Airbus durante o evento. Após o evento, o avião vai realizar um tour de um mês por países da Ásia e América do Norte, demonstrando sua capacidade em diversos ambientes, antes de chegar ao Brasil para entrar em operação.

Este é o primeiro dos três aviões desse tipo que a FAB encomendou. As aeronaves serão destinadas ao 2º/10º Grupo de Aviação também conhecido como “Esquadrão Pelicano”, sediado em Campo Grande (MS).

O C295 de busca e resgate conta com alguns equipamentos especializados na função SAR, como o radar EL/M-2022A localizado no nariz e capaz de vasculhar até 360 km em terra ou mar. Há também sensores ópticos e de infravermelho localizados num radome na parte inferior da fuselagem que ajudam a localizar objetos e pessoas em lugares mais fechados ou em alto-mar. Além disso, há quatro janelas em bolha (duas em cada lateral da fuselagem) destinadas aos tripulantes observadores, que monitoram visualmente o perímetro voado.

A delegação brasileira liderada por Raul Jungmann, Ministro da Defesa do Brasil, na sede da Airbus Defence and Space (Airbus)
A delegação brasileira liderada por Raul Jungmann, Ministro da Defesa, na sede da Airbus Defence and Space (Airbus)

Veja mais: Novo caça da FAB, Gripen E completa primeiro voo

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
PAULO CAMPOS
PAULO CAMPOS
5 anos atrás

BOA NOITE!
SOU FÃ DA SUA PÁGINA! QUAL É AQUELE APARELHO COM 4 TURBOÉLICES AO FUNDO, NESSA FOTO?

Previous Post
O A380 vai completar 10 anos de operações comerciais em outubro (Airbus)

Airbus vai apresentar A380 atualizado no Paris Air Show

Next Post

Com 797, Boeing pode desbravar novo mercado de jatos comerciais

Related Posts
Total
0
Share