Fábrica da Saab no Brasil realiza montagem das asas do Gripen E

Instalada no ABC Paulista, unidade de aeroestruturas trabalha na produção de cinco segmentos da aeronave, parte do acordo de transferência de tecnologia acertado com o governo brasileiro
Caça Gripen E (FAB)

A Saab anunciou nesta sexta-feira que sua unidade de aeroestruturas no Brasil avançou na fabricação de componentes do caça Gripen E, que será fornecido à Força Aérea.

Segundo a empresa sueca, a fábrica localizada em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, iniciou a montagem do caixão de asas do jato de combate – a imagem acima mostra uma das asas montada sobre um suporte.

A filial brasileira também está finalizando a primeira fuselagem dianteira, além de unidades do cone de cauda e dos freios aerodinâmicos. Faz parte do escopo da fábrica nacional a montagem da fuselagem traseira do caça monoposto.

A participação do Brasil na fabricação dos caças adquiridos pela FAB faz parte do acordo de transferência de tecnologia acertado entre a Saab e o governo federal.

No entanto, essa exigência cria situações curiosas como o fato de as partes do Gripen E serem inicialmente produzidas na Suécia e então enviadas para nosso país, onde é complementada e passa por testes de pressão. Em seguida, a peça volta a ser embarcada de volta para o país europeu onde será finalizada.

Estrutura da asa do Gripen montada no Brasil (Saab)

“A tecnologia de fabricação relacionada à asa de um avião supersônico como o Gripen representa um salto substancial de capacidade para a indústria brasileira. A asa é indiscutivelmente uma das partes mais importantes e críticas de uma aeronave, e os rigorosos requisitos operacionais para um caça como o Gripen levaram a um design de asa extremamente otimizado. A Saab é pioneira nesse processo de montagem robusto e de alta precisão no Brasil”, disse Ola Rosén, diretor de Operações da fábrica de aeroestruturas da Saab no Brasil.

Os funcionários da unidade brasileira também passaram por treinamento na Saab na Suécia e uma equipe de funcionários da matriz está em São Bernardo para acompanhar os processos e garantir a qualidade da produção.

O Brasil adquiriu 36 caças Gripen E/F dos quais uma aeronave está no país em testes. Outros quatro jatos de combate estão sendo finalizados na Suécia e serão enviados ao Brasil no início de 2022.

Total
753
Shares
Previous Post

Airbus A350F já conta com um segundo cliente

Next Post

Asas do widebody CR929 já estão sendo fabricadas

Related Posts