Fokker 50 “capota” ao pousar na Somália e todos passageiros sobrevivem

Turboélice da Jubba Airways estava em operação há 30 anos
Fokker 50 sofre acidente na Somália
Fokker 50 da Jubba Airways sofre acidente na Somália

Um turboélice Fokker 50, operado pela Jubba Airways, sofreu um acidente na segunda-feira (18) ao pousar no aeroporto internacional de Aden Adde, em Mogadíscio, capital da Somália.

A aeronave teve uma asa quebrada durante o pouso e parou de cabeça para baixo ao lado da pista. Todos os 33 passageiros e os 3 tripulantes sobreviveram ao acidente.

Fotos publicadas em redes sociais mostram um pedaço de asa na pista de pouso, há muitos metros de onde parou o avião. Fogo na asa gerou uma coluna de fumaça preta no aeroporto, que foi fechado temporariamente. Bombeiros tiveram que trabalhar para apagar o incêndio.

A aeronave saiu de Baidoa, no interior da Somália, e sofreu o acidente ao aterrissar em Mogadíscio às 11:28 da manhã. De acordo com a a autoridade de aviação civil da Somália, o incidente com o Fokker 50 de matrícula 5Y-JXN será investigado.

O Fokker 50 da Jubba Airways já tinha 30 anos de operação e passou por diversas empresas, entre elas a Lufthansa e a Iberia.

Total
1
Shares
Previous Post

ATR assina carta de intenção para 36 turboélices com a grupo Feel Air, do Japão

Next Post

Após acordo com a Boeing, Delta encomenda mais 12 A220-300

Related Posts
Total
1
Share