Força Aérea Argentina comprou dois jatos Embraer ERJ 140 usados

Aeronaves de passageiros operaram por 20 anos nos EUA em rotas regionais para a American Airlines e serão repassadas pela empresa Regional One por quase US$ 6,9 milhões
O ERJ 140 N855AE, um dos dois modelos comprados pela Força Aérea Argentina (Cory W. Watts)

A Força Aérea Argentina assinou contrato com a empresa Regional One, dos EUA, para adquirir dois jatos regionais Embraer ERJ 140 de segunda mão para reforçar sua capacidade de transporte.

As aeronaves, fabricadas em 2003, voaram por quase 20 anos na rede regional da American Airlines, primeiro na subsidiária American Eagle. Os dois ERJ 140 foram vendidos pela Regional One por cerca de US$ 6,9 milhões.

A Força Aérea já desejava contar com jatos ERJ há vários anos, mas a licitação só foi lançada em julho, solicitando modelos ERJ 140, ERJ 145LR ou ERJ-145XR.

Siga o AIRWAY nas redes: Facebook | LinkedIn | Youtube | Instagram | Twitter

O ERJ 140LR pode transportar 44 passageiros e foi desenvolvido pela Embraer a pedido da American Airlines, para atender a cláusula de escopo nos anos 2000.

O segundo jato, N858AE, com as cores da American Eagle (redlegsfan21)

Logo, os pilotos e companhias aéreas acabaram expandindo os limites para 76 assentos e o ERJ 140 tornou-se um jato raro.

Na American, o avião da Embraer voou até 2021, quando foi desativada e boa parte da frota repassada para a Regional One, empresa que realiza a venda, compra e arrendamento de aviões.

Comparado ao mais popular ERJ 145, o ERJ 140 possui uma fuselagem 1,42 metro mais curta, com duas fileiras a menos. Ele foi produzido na versão LR (Longo Alcance), capaz de voar sem escalas por 1.650 milhas náuticas (3.058 km).

Segundo a mídia argentina, os dois ERJ 140 serão recebidos no início de 2024 e serão usados pelo Exército Argentino e pela LADE Líneas Aéreas, divisão de transporte de passageiros da Força Aérea.

Total
0
Shares
Previous Post

Eve Air Mobility realiza encontro com conselho de clientes do seu ‘táxi voador’

Next Post

Swiss recoloca em serviço seu último jato armazenado na pandemia

Related Posts
Total
0
Share