Força Aérea da Finlândia abandona antigo emblema com suástica

Sem ligação com o nazismo, símbolo foi adotado pela força aérea finlandesa em 1918
Fim da polêmica: o antigo emblema da força aérea finlandesa deu lugar a um novo escudo com uma água dourada

Em um movimento discreto iniciado no mês passado, a força aérea da Finlândia começou a eliminar um antigo emblema que continha uma suástica. O símbolo ainda aparecia em bandeiras de esquadrões, uniformes e outros itens decorativos da corporação militar.

Inextricavelmente ligada por todos no mundo ocidental ao regime nazista da Alemanha e seus horrores durante a Segunda Guerra Mundial, a suástica fez parte do emblema da força aérea finlandesa por mais de um século e no passado foi estampada em seus aviões.

Um porta-voz da força aérea finlandesa justificou a mudança no emblema à rede BBC: “Como o emblema era usado em uniformes, foi considerado impraticável e desnecessário continuar usando o antigo emblema da unidade de Comando da Força Aérea, que tempos em tempos causava mal-entendidos”. O novo logotipo agora exibe uma água dourada cercada de nuvens com um fundo azul.

A força aérea da Finlândia foi estabelecida em 1918, após a doação de uma aeronave pelo conde Eric von Rosen, da Suécia. A suástica azul era um símbolo de sorte pessoal do von Rosen, que mandou pintar a marca no avião doado. O emblema permaneceu no pequeno aeroplano e tornou-se o símbolo padrão da força aérea finlandesa até 1945.

Já veio com a suástica azul: primeiro avião militar da Finlândia, o Thulin Type D doado pelo conde von Rosen  (Finnish Air Force)

Pensa-se que o conde von Rosen tenha visto o símbolo pela primeira vez durante uma excursão escolar. A viagem foi para uma das ilhas suecas, Gotland, que é rica em patrimônio histórico viking, que consideram um símbolo de proteção e sorte.

No entanto, em 1920, Adolf Hitler adotou a suástica para seu Partido Nacional Socialista, que chegou ao poder na década seguinte na Alemanha. Ao contrário de sua simbologia do passado, a marca hoje remete aos crimes genocidas do regime de Hitler e a ideologia nazista e o fascismo.

Após a Segunda Guerra Mundial, o emblema com suástica azul foi removida dos aviões finlandeses e substituída por um escudo azul e branco, hoje padrão na força aérea no país. Durante o conflito, a Finlândia lutou ao lado da Alemanha contra a União Soviética, embora não fizesse parte do Eixo.

A imagem da “cruz suástica” é um dos amuletos mais antigos e universais, sendo utilizada pela humanidade desde o Período Neolítico (mais de 7.000 anos). Foi também adotada por nativos americanos e Eurasia, em diversas culturas, sem qualquer interferência umas com as outras. O símbolo ainda é muito comum em cerimônias religiosas da Índia e no misticismo chinês.

Veja mais: Boeing e Força Aérea dos EUA assinam acordo histórico para o caça F-15EX

Total
29
Shares
Previous Post

Boeing fecha primeiro semestre com apenas 70 aviões comerciais entregues

Next Post

EUA preparam novo regulamento para aviões comerciais supersônicos

Related Posts