Gol anuncia seis novos destinos regionais

A companhia terá voos diretos de São Paulo para Cascavel, Passo Fundo, Vitória da Conquista, Sinop, Franca e Barretos
Os voos para o Chile serão operados com o Boeing 737-800 com capacidade para 170 passageiros (GOL)
Os voos para o Chile serão operados com o Boeing 737-800 com capacidade para 170 passageiros (GOL)
A Gol tem decolagem diretas para Buenos Aires a partir de 11 cidades brasileiras (Gol)
Os novos voos da Gol serão operados com jatos Boeing 737-700 (Gol)

A Gol anunciou nesta quinta-feira (28) e criação de mais seis bases pelo Brasil. A partir do segundo semestre deste ano, a empresa vai operar voos diretos de São Paulo para as cidades de Cascavel (PR), Passo Fundo (RS), Vitória da Conquista (BA) e Sinop (MT), além de Franca e Barretos, no interior do Estado de São Paulo.

Os seis novos voos são a contrapartida da companhia ao governo do Estado de São Paulo, que no mês passado reduziu a alíquota do ICMS no querosene de aviação. Em troca, a administração estatual pediu as companhias aéreas o lançamento de mais voos para a capital.

“A iniciativa adotada pelo governo do Estado de São Paulo é fundamental para o desenvolvimento e estímulo do setor aéreo no país. Esse movimento é a primeira fase da nossa expansão em São Paulo, que visa fortalecer a posição estratégica da companhia, líder em transporte de passageiros no Estado e também no Brasil. Com estas operações, passamos a atender um total de 73 destinos, ampliando as opções de voos que já oferecemos aos nossos clientes e com a garantia de que eles terão um serviço de excelência”, destaca Paulo Kakinoff, presidente da Gol.

Os novos voos serão concentrados no aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo. Com início das rotas previsto para o mês de agosto, Cascavel, Vitória da Conquista e Passo Fundo terão duas operações diretas e diárias cada; já Sinop terá um voo todos os dias a partir de novembro. No total, serão 14 novas operações diárias em Guarulhos e 41 destinos domésticos atendidos neste aeroporto pela Gol.

Os trechos para Barretos e Franca ainda não têm data definida de estreia. A Gol explicou que ainda está trabalhando com os administradores aeroportuários dessas cidades que todos os requisitos de infraestrutura estejam de acordo para receber os voos da Gol.

Os voos para os seis novos destinos da companhia serão realizados com jatos Boeing 737-700 NG, para até 138 passageiros.

Os bilhetes dos voos para Cascavel, Vitória da Conquista e Passo Fundo já estão à venda nos canais oficiais da Gol.

A Latam foi a primeira companhia nacional que anunciou novos voos a partir de São Paulo como contrapartidas a redução no preço no querosene. No mês passado, a empresa confirmou as frequências entre os aeroportos de Guarulhos e Manaus e para o Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

Veja mais: Companhia do Canadá vai operar com hidroaviões elétricos

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rogerio Barletta de Campos
Rogerio Barletta de Campos
3 anos atrás

Uma aeronave desse porte para essas rotas causam prejuízo porque dificilmente ela terá a lotação completa. Embora seja uma aeronave econômica, o ideal seria uma de menor porte para ter todos os assentos ocupados e com preços mais acessíveis. Por isso que o Bandeirantes deu certo e lucro para as empresas.

Previous Post

“SpaceX da China” falha em primeiro teste com foguete orbital

Next Post

Boeing altera software de controle de voo do 737 MAX

Related Posts
Total
0
Share