Indonésia teria descartado aquisição de 12 caças Mirage 2000-5 de segunda mão

Força Aérea do país pretendia reforçar frota com aeronaves que voaram com o Catar e seriam revendidas por cerca de 733 milhões de euros
Caça Mirage 2000-5 que voou pelo Catar (USN)

A Força Aérea da Indonésia não irá mais receber 12 caças Dassault Mirage 2000-5 de segunda mão, afirmou o Ministério da Defesa do país asiático.

O Ministro da Defesa, Prabowo Subianto, que é o candidato favorito a vencer as eleições presidenciais que ocorrem nesta semana, teria abandonado o plano após críticas.

A Indonésia anunciou em janeiro de 2023 ter assinado um contrato de aquisição dos 12 caças que voaram anteriormente na Força Aérea do Catar.

A negociação foi intermediada pela empresa checa Excalibur International, que receberia 733 milhões de euros pela venda.

Agora, o governo indonésio afirma que não existia contrato assinado e que decidiu não seguir com a aquisição.

Os Mirage 2000-5 do Catar estariam bem preservados já que o país têm investido em aeronaves mais novas e capazes como o Dassault Rafale, Eurofighter Typhoon e Boeing F-15QA.

Caça F-16 da Indonésia (USAF)

Vários caças em vista

A mudança de direção do governo indonésio ocorre em meio a uma série de planos de reforço da força aérea, que possui caças F-16 e Su-27 além de aviões de ataque leve Hawk 209.

Recentemente, a Força Aérea Indonésia aprovou o terceiro lote de caças Rafale, de uma encomenda de 42 aeronaves da Dassault. O país também busca aprovar a aquisição de 24 caças F-15.

Ao mesmo tempo, há também a participação no programa de desenvolvimento do caça sul-coreano KF-21 Boramae, da Korea Aerospace Industries.

No entanto, a Indonésia tem atrasado os repasses de fundos para o projeto enquanto surgem relatos de que engenheiros do país teriam tentado roubar informações confidenciais do programa.

Total
0
Shares
Previous Post

Gol reforça acusação contra LATAM, alegando que empresa busca seus pilotos também

Next Post

Comandante da Aeronáutica volta a falar em “troca” entre caças Gripen e o KC-390 com a Suécia

Related Posts
Total
0
Share