ITA recebe certificado de operador aéreo na Itália

Nova companhia aérea de bandeira italiana assumirá o lugar da Alitalia a partir de 15 de outubro
O A330 prefixo EI-EJN, usado pela ITA para obter o certificado (Oyoyoy)

A Ente Nazionale per l’Aviazione Civile (ENAC), autoridade de aviação civil da Itália, emitiu nesta quarta-feira, 18, o Certificado de Operador Aéreo (AOC na sigla em inglês) para a Italia Trasporto Aereo (ITA), nova companhia aérea que substituirá a Alitalia em 15 de outubro.

“A ITA pode decolar”, afirmou o presidente da agência, Pierluigi Di Palma. “Espera-se que a nova empresa de referência nacional contribua para o relançamento do setor, dando uma contribuição decisiva para a superação das dificuldades decorrentes da crise pandêmica. A ENAC continuará a cumprir a sua missão institucional e técnica de assegurar o início operacional da ITA, zelando pelo respeito dos interesses públicos e dos direitos dos passageiros, elementos essenciais do negócio do transporte aéreo”, disse.

Para realizar os voos de certificação, a ITA utilizou o Airbus A330-200 prefixo EI-EJN, que faz parte da frota da Alitalia desde 2012.

Logo da ITA

A ITA recebeu o código ITY da ICAO (Organização Internacional da Aviação Civil ou OACI) e deverá estrear com 52 aeronaves, a maioria pertencente à Alitalia. A meta, contudo, é renovar sua frota a partir de 2022.

A nova empresa italiana planeja fechar uma encomenda bastante grande de novos aviões e para isso está negociando com Boeing e Airbus. Seriam 81 aeronaves de nova geração num acordo que deve chegar a US$ 5,3 bilhões.

Atualmente, a Alitalia conta com 84 aviões, entre eles 19 A319, 38 A320, cinco A321, onze A330 e outros onze Boeing 777.

Total
0
Shares
1 comment
  1. O título do artigo leva a uma (voluntária ?) confusão… ainda mais porque “essa” ITA (nome jurídico da nova Alitalia) citada continuará se chamando comercialmente Alitalia.

Comments are closed.

Previous Post

Azul assina acordo de codeshare com a Emirates

Next Post
Airbus A380 - Korean Air

Airbus A380 voará pela Korean Air por mais cinco anos

Related Posts
Total
0
Share