Azul assina acordo de codeshare com a Emirates

Parceria permitirá que passageiros possam viajar com um bilhete a partir de oito cidades brasileiras servidas pela Azul
Emirates e Azul iniciam codeshare na semana que vem (Divulgação)

A Emirates Airline e a Azul Linhas Aéreas anunciaram um acordo de codeshare nesta quarta-feira, 18, que passará a vigorar a partir de 25 de agosto.

A parceria permitirá que os passageiros da Azul possam utilizar a malha internacional da Emirates a partir do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo com apenas um bilhete.

Já os clientes da empresa aérea dos Emirados Árabes poderão utilizar voos de conexão da Azul para oito destinos no Brasil a partir de São Paulo: Rio de Janeiro (Santos Dumont), Belem, Belo Horizonte (Confins), Cuiaba, Curtiba, Juazeiro Do Norte, Porto Alegre e Recife.

Os bilhetes poderão ser adquiridos já nesta quarta-feira em ambas as empresas.

““Estamos muito felizes em anunciar este acordo com a Emirates, que proporcionará excelentes benefícios e comodidades para nossos clientes, além de um acesso a uma ampla malha nacional e internacional. Temos uma grande sinergia com os negócios da Emirates que, assim como a Azul, carregam a excelência em atendimento ao cliente no DNA”, afirmou Abhi Shah, vice-presidente de Receitas da Azul. 

Adnan Kazim, diretor comercial da Emirates, completou: “A Emirates tem o prazer de iniciar esta parceria com a Azul para oferecer aos nossos Clientes um aprimorada e conveniente conectividade entre oito cidades no Brasil de/para Dubai e toda a nossa malha global a partir de São Paulo. O Brasil é um importante mercado para a Emirates e o codeshare com a Azul ressalta nosso compromisso em fortalecer nossa presença no país e ampliar as opções para nossos clientes”. 

Atualmente, a Emirates opera cinco voos semanais entre Sao Paulo e Dubai com aeronaves Boeing 777-300ER. Até antes da pandemia, no entanto, a carrier utiliza o Airbus A380 em voo diário, além de ter operado um segundo voo sem escalas, mas que seguia também para Santiago do Chile.

Total
142
Shares
Previous Post

Rival alemão do Bandeirante ganha versão “made in India”

Next Post

ITA recebe certificado de operador aéreo na Itália

Related Posts