LATAM Airlines revela nova pintura de suas aeronaves

Processo de renovação das aeronaves da Tam e Lan deve durar aproximadamente três anos
A nova pintura do grupo Latam será implementada em toda frota até 2018 (Divulgação)
A nova pintura do grupo Latam será implementada em toda frota até 2018 (Divulgação)
A nova pintura do grupo Latam será implementada em toda frota até 2018 (Divulgação)
A nova pintura do grupo Latam Airlines será implementada em toda frota até 2018 (Divulgação)

O grupo Latam Airlines, que reúne as empresas Tam e Lan (do Chile), apresentou nesta quinta-feira (28) o novo visual de suas aeronaves. A companhia também divulgou suas novas sinalizações de aeroportos e identidade visual dos balcões.

“Será uma mudança gradual, cujo principal objetivo é simplificar e melhorar a experiência de viagem dos nossos passageiros”, afirmou Enrique Cueto, CEO do Grupo Latam.

A primeira aeronave com a nova identidade visual a entrar em operação, um Boeing 767, decolará do Rio de Janeiro em 1º de maio com destino a Genebra, na Suíça, para buscar a Tocha Olímpica. O avião será preparado especialmente para a ocasião e retornará a Brasília (DF), local onde terá início o tour de revezamento da tocha dos Jogos Olímpicos do Rio 2016.

Já no dia 5 de maio, irão decolar os três primeiros voos comerciais das aeronaves com a nova imagem nas seguintes rotas: São Paulo-Santiago (um Boeing 767 com saída de Guarulhos às 09h05, horário local); Santiago-Lima (um Airbus A319 com saída de Santiago às 09h10, horário local); e São Paulo-Brasília (um Airbus A319 com saída de Guarulhos às 14h20, horário local).

Um exemplo de como será os balcões da Latam nos aeroportos (Divulgação)
Um exemplo de como será os balcões da Latam nos aeroportos (Divulgação)

A LATAM espera finalizar a pintura exterior de mais de 50 aeronaves em 2016, e concluir a alteração de toda a frota até 2018. A pintura das aeronaves leva, em média, de 6 a 12 dias para ser aplicada, e será realizada durante a manutenção de rotina dos aparelhos.

Pintura tecnológica

Segundo a Latan, a pintura das aeronaves utiliza uma nova tecnologia, 25% mais leve que a convencional. Com ela, a empresa deve obter uma redução de 20kg, em média, em todas as aeronaves da companhia que mudarem a imagem.

A pintura de um avião é um processo que requer diversas soluções de engenharia. Para um Boeing 787, por exemplo, são utilizados 300 litros de tinta e 150 litros de Clearcoat, um verniz protetor que dá brilho e protege contra temperaturas extremas e desgaste aerodinâmico. No total, o processo de pintura leva em média seis dias: dois para retirar a pintura antiga e quatro para aplicar a nova por camadas.

Galeria de fotos:

Veja mais: Por dentro da oficina de aviões da TAM

Total
0
Shares
15 comments
  1. Achei bastante discreto, a cauda vermelha da TAM era mais distinta, mas, enfim, minoritário não pode reclamar de nada, fazer o quê…espero que seja mantido o alto padrão da TAM, pelo menos em relação às concorrentes nacionais.

  2. Já era , agora Brasileira so Gol e Azul devem ser nosso orgulho e devenos apoia-las para que não aconteça o mesmo.

  3. A verdade é que a TAM não existe mais. A pintura é claramente azul – a cor da LAN Chile – apenas com detalhes vermelhos. E note que o vermelho vem discretamente “por dentro” do azul, que está “por fora” e o abraça, mostrando quem manda em quem nessa “fusão”.

  4. O símbolo da Latam deveria vir abaixo do símbolo da oneworld e ambos bem ao lado do para-brisas, o nome Latam deveria vir como os da Lan e Tam, grandes e imponentes descritos através das janelas e não acima como podemos notar, além disto, se as turbinas fossem pintadas na cor Coral, seria um destaque e um contraste e tanto para a nova identidade visual da aeronave. Resumidamente, do jeito que está, está muito xoxo! Engraçado que muitos entusiastas conseguiram se expressar melhor no design para as aeronaves em fotomontagens do que a Interbrand que é uma empresa especializada e com anos de experiência no ramo de atividade em que atua. E dizem que encontraram as cores da América Latina, a sim! Nosso continente é branco e sem graça… Que decepção! Tanta espera e empolgação pra isso? Lamentável!

  5. QUE VERGONHA! como querem ser imponentes com uma pintura amadora dessas? A pessoa que desenhou isso certamente não entende nada de marketing.

  6. Que marketing péssimo, essa nova marca não agradou ninguém. A TAM vai deixar saudade,e logo a Latam o Brasil tbm.
    Agora a que nos representará aqui e no exterior e a Azul.

  7. Lembrando que para quem comentou de azul e gol…a gol jaja a delta sera dona de td… No caso da azul… 23% ja eh de um grupo chines… Entao nao é só a tam q tem q se fundir p nao quebrar…

  8. Decepcionante a identidade visual da Latam. Pintura tosca, sem nenhuma criatividade que não justifica todo o suspense para o lançamento da nova marca.

  9. Se cobrarem passagens por preços mais acessíveis, seus donos podem ser até de Marte que não estou nem ai, não adianta a empresa ser Brasileira e cobrar preços absurdos. Agora quanto a pintura da Latam, ficou feinho hein.

  10. Muito discreto, a pintura da TAM era muito melhor!! Marketing zero!! Agora apoio a nacional Azul, pois a Gol deixa a desejar no atendimento.

  11. Não gostei. Transições e mudanças de marca devem obedecer um padrão condizente com a imagem anterior Tambem não gostei da fusão em si. Uma empresa tipicamente nacional que exalava a personalidade de seu fundador, de repente absorvida por uma outra que em termos de frota e penetração de mercado era equivalente. Creio que a situação atual do Museu Asas de um sonho tambem tem a ver com esta fusão. Os acionistas membros da família mesmo que participando da administração, a meu ver nunca dedicaram real atenção à empresa. Uma transação comercial. Saudades do Comandante Rolim Amaro. Minha esposa, que não se liga muito em aviação, nem em patrimônio cultural, achou a nova pintura linda. Antes de ver os dois lados da empenagem do avião na foto, acreditou que no outro lado as cores estariam invertidas com maior realce do vermelho. Na minha opinião seria uma solução melhor e respeitaria a tradição dos dois grupos.

  12. A mudança está sendo gradual. O novo nome aparecerá nos aviões em três anos. Também em três anos começará a aparecer nos aviões o símbolo da empresa. Foi adotado a ANDORINHA alçando vôo.
    Pretendem consultar os clientes para a escolha do novo nome ( em inglês, para não desagradar nem brasileiros nem hispanohablantes )

    ( 1 ) ChiBras Airlines

    ( 2 ) AeroChiBras Airlines

    ( 3 ) Sky Latina Airlines

Comments are closed.

Previous Post
A Kenya Airways é dos clientes da Embraer na África (Divulgação)

Embraer prevê demanda de 240 novos jatos na África

Next Post
A aeronave perdeu os trens de pouso depois de derrapar para fora da pista (Reprodução/The Aviation Herald)

Jato da Embraer sofre acidente no Equador

Related Posts