LATAM, Azul e Gol são autorizadas pela ANAC a voar com menos comissários em seus aviões

Agência atendeu à solicitação das três companhias aéreas para operarem seus voos com uma equipe menor por conta da menor disponibilidade de tripulantes causada pela variante Ômicron
Airbus A320neo da Azul (Alexandro Dias)

A ANAC, agência de aviação civil brasileira, autorizou a Azul, Gol e LATAM a operarem com equipe de comissários reduzida em alguns voos.

O pedido, conhecido como reconhecimento da existência de “Nível Equivalente de Segurança”, visa garantir a manutenção da malha de voos frente aos inúmeros cancelamentos e atrasos causados pela ausência de tripulação, afastada por conta do Covid-19 e do surto de gripe que aflige o Brasil.

A primeira empresa a solicitar à ANAC a redução de tripulantes foi a Azul, na semana passada, logo seguida pela Gol. A agência liberou ambas nesta terça-feira e a LATAM hoje. A concessão terá validade até 13 de março para a Azul, 14 de março para a Gol e 17 de março para LATAM.

As três companhias deverão informar à ANAC a cada 15 dias “a relação dos voos que operaram com a redução no número de comissários, constando a data, a matrícula do avião, número do voo e hora da decolagem”, disse nota da agência.

Boeing 737 MAX 8 da Gol

Os voos deverão manter uma relação de um comissário para até 50 passageiros, não ter funcionários em instrução escalados e envolverem trechos domésticos, entre outros detalhes.

A Gol solicitou a redução do número de comissários para os jatos Boeing 737-800 e 737-MAX 8 enquanto a LATAM citou os modelos A320 e A321 – a Azul não especificou quais aeronaves serão envolvidas no processo.

Total
28
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Zekinha
Zekinha
4 meses atrás

Deviam fazer igual fizeram com os navios, se tem casos de covid, para tudo até zerar os casos, e quem tem viagem marcada que se vire e mude a data, igual os passageiros de navios tiveram que fazer.

Previous Post

Companhia aérea das Maldivas vai trocar seus Dash 8 por turboélices ATR

Next Post

Polêmica do 5G nos EUA vai do caos ao baixo impacto nos voos comerciais

Related Posts