Primeiro A320neo executivo é concluído na Europa

Versão executiva do Airbus A320neo tem alcance de 12.500 km, o suficiente para voar de São Paulo até Dubai sem paradas
O ACJ320neo transporta até 25 passageiros, enquanto a versão comercial pode receber quase 200 ocupantes (Airbus)
O ACJ320neo transporta até 25 passageiros, enquanto a versão comercial pode receber quase 200 ocupantes (Airbus)
O ACJ320neo transporta até 25 passageiros, enquanto a versão comercial pode receber quase 200 ocupantes (Airbus)
O ACJ320neo transporta até 25 passageiros, enquanto a versão comercial pode receber quase 200 ocupantes (Airbus)

A Acropolis Aviation, operadora de fretamento de alto luxo do Reino Unido, recebeu hoje, 2 de março, o primeiro Airbus ACJ320neo com interior executivo concluído. A cabine da aeronave, que é derivada do jato comercial A320neo, foi preparada pela empresa suíça AMAC Aerospace, na Basileia.

A conclusão do interior do primeiro ACJ320neo (matrícula G-KELT) aconteceu pouco mais de um ano após a aeronave ter sido enviada à sede da AMAC, que tem longa experiência na criação de cabines luxuosas para aviões executivos.

Elaborado pelo estúdio de design francês Alberto Pinto, o interior do primeiro ACJ320neo acomoda até 19 passageiros. A cabine do jato possui sala de estar e de jantar, cozinha e uma suíte privada com o maior chuveiro “já instalado em uma aeronave de corredor único da Airbus”, diz a Acropolis.

O jato também conta com um sistema de entretenimento com “centenas de filmes e programas de TV” que podem ser visualizados em 19 tables individuais e quatro telas em toda a cabine, acrescenta a empresa britânica. A aeronave ainda possui conexão de internet de alta velocidade por meio de banda Ka, via satélite.

“Estamos absolutamente encantados com a alta qualidade de mão de obra na criação do G-KELT”, diz Jonathan Bousfield, presidente da Acropolis. “A AMAC Aerospace criou algo muito especial, que estabelecerá novos padrões de conforto e bem-estar no mercado de fretamentos VVIP, utilizando totalmente o espaço da cabine.”

Assim é fácil cruzar meio mundo: a cabine do ACJ320neo possui uma suíte privada (AMAC)

Aviação executiva VVIP

Jatos executivos derivados de aviões comerciais podem voar mais longe pois contam com mais tanques de combustível em vez de compartimentos de bagagens. O ACJ320neo leva essa premissa ainda mais adiante ao incorporar as novidades tecnológicas da família A320neo, focadas na redução do consumo de combustível, como os motores mais eficientes e os novos winglets nas asas. Segundo a Airbus, o novo jato é até 15% mais eficiente que o A320 de primeira geração.

O novo jato da Airbus Corporate Jets (ACJ) pode percorrer 12.500 km ou permanecer voando por mais de 15 horas, o suficiente para viajar de São Paulo até Dubai sem escalas. Esse desempenho é alcançado quando a aeronave transporta oito passageiros. Com capacidade máxima, de 25 passageiros, a autonomia é reduzida para 11.100 km ou 13 horas de voo. Como comparação, o A320neo comercial pode embarcar até 195 passageiros e tem alcance de 6.500 km.

A cabine do primeiro ACJ320neo foi elaborada para receber 19 passageiros (AMAC)

A nova série ACJ320neo substitui os modelos da família CJ320 e contemplam todos os modelos da família A320neo (A319neo, A320neo e A321neo). Os principais compradores desse tipo de jato executivo são companhias de voos fretados de alto padrão ou governos. O Brasil é um desses clientes, com o avião presidencial VC-1A, um CJ319.

Veja mais: Caça F-5 completa 45 anos de operações com a Força Aérea Brasileira

Total
38
Shares
Previous Post

Para conter avanço do coronavírus, LATAM suspende voos entre São Paulo e Milão

Next Post

Novo procedimento no aeroporto de Guarulhos permite pousos e decolagens simultâneos na mesma pista

Related Posts