A cerimônia de entrega do primeiro A321LR para a TAP (Airbus)

A TAP Air Portugal deu um passo importante no seu plano de renovação da frota ao receber o primeiro A321LR nesta semana, parte de uma encomenda 12 aviões feita à Airbus.

Equipado com os eficientes motores CFM Leap-1, o A321LR tem uma autonomia impressionante de 7.400 km e ainda transportar, no caso da TAP, 171 passageiros – 16 na classe executiva, 48 em econômica premium e 107 econômica. Graças a isso, a TAP  pretende colocar as novas aeronaves em rotas transatlânticas de Lisboa e Porto sobretudo para destinos na costa leste dos EUA e no Nordeste do Brasil.

O A321LR é crítico para os planos de expansão da TAP. Com a sua autonomia, podemos explorar confortavelmente os mercados da América do Norte, América do Sul e África a partir de Portugal, e isso vai encaixar-se perfeitamente com nossos A330neos”, afirmou Antonoaldo Neves, CEO da TAP Air Portugal e antigo presidente da Azul. “Na América do Norte, ele nos permite explorar mercados na costa leste, como Nova York, Boston, Montreal ou Washington. No Brasil, o A321LR pode abrir novos mercados no Nordeste e complementar os serviços existentes para cidades como Recife, Natal, Fortaleza ou Salvador”, acrescentou o executivo.

Aplaudimos a TAP Air Portugal por ter sido a primeira companhia aérea a aproveitar os benefícios do A321LR e do A330neo ao mesmo tempo. O A321LR e o A330neo trabalhando em conjunto cobrem muito bem o segmento de média capacidade. Ambos com a tecnologia mais atual e a cabine mais confortável de sua classe”, disse Christian Scherer, diretor comercial da Airbus.

O primeiro A321LR da TAP: encomenda de 12 aviões para realizar voos transatlânticos incluindo o Brasil (Airbus)

No entanto, a primeira rota do A321LR será Lisboa-Tel Aviv, em Israel, destino bem mais próximo (cerca de 4 mil km) do que a autonomia do jato da Airbus é capaz de cobrir. Além do novo avião de corredor único, a TAP foi a companhia lançadora do A330neo, versão remodelada do birreator e que também será operado pela companhia “irmã” Azul.

Após um período em que teve aviões de vários fabricantes, incluindo Embraer, Boeing e Lockheed, a TAP opera hoje uma frota exclusiva de aviões da Airbus. São ao todo 75 aeronaves, incluindo cinco A330neo, 13 A330ceo, 4 A340s, 21 A319ceo, 20 A320ceo, quatro A321ceo, dois A320neo e seis A321neo.

Os destaques do A321LR da TAP (Airbus)

Veja também: Primeiro A321LR do mundo é entregue para companhia de Israel