Primeiro exemplar do Airbus A321XLR está próximo de ser concluído

Nova versão de longo alcance do A321neo foi flagrada na fábrica da Airbus em Hamburgo com motores instalados
Airbus A321XLR
O Airbus A321XLR: alcance e 8.700 km significa voar sem escalas entre São Paulo e Nova York (Airbus)

Um dos aviões comerciais mais aguardados do mercado, o A321XLR está próximo de executar seu voo inaugural. O primeiro protótipo da aeronave praticamente finalizada, com os motores instalados nos pilones das asas, foi flagrado nesta semana na fábrica da Airbus em Hamburgo, na Alemanha. Os registros são de autoria do spotter alemão Tobias Gudat, que postou as imagens no Twitter (confira abaixo).

A Airbus ainda não definiu uma data sobre o primeiro voo da nova variante do A321neo, mas espera-se que isso ocorra em algumas semanas dado o estágio avançado de construção da aeronave. Antes disso, o protótipo ainda passará pelo processo de pintura da fuselagem e testes em solo. O início das entregas do modelos de série é previsto para 2023.

O A321XLR é uma aeronave comercial que pode estabelecer novos parâmetros no segmento dos jatos de corredor único. Segundo a Airbus, ele será capaz de voar sem escalas por 4.700 milhas náuticas, ou 8.700 km. Trata-se um avanço de 15% em relação a autonomia do A321LR, variante atual do A321neo com maior alcance de voo.

Esse desempenho significa em tese poder voar de São Paulo ou Rio de Janeiro para Nova York (7.700 km), Lisboa (7.900 km) e até Madri (8.400 km) sem paradas de reabastecimento. E o principal, com uma economia de combustível de 30% em relação a antigos jatos de porte semelhante, de acordo com o fabricante. A “mágica” para transformar o A321 num avião capaz de operar em rotas antes exclusivas de aeronaves de grande porte está na inserção de um tanque de combustível extra na parte traseira da fuselagem, com capacidade para mais 12.900 litros.

Desde que o projeto do A321XLR foi apresentado no Paris Air Show 2019, a Airbus vem acumulando centenas de encomendas pelo novo produto. Até fevereiro deste ano, a fabricante recebeu 515 pedidos pela aeronave de 25 clientes.

Total
0
Shares
Previous Post

Airbus A220 passa pelo Brasil em busca de seus primeiros clientes latinos

Next Post

Britânica FlyBe retoma voos depois de hiato de 2 anos

Related Posts
Total
0
Share