Primeiro Airbus A380 executivo pode ser lançado em breve

Empresa suíça busca novos clientes para quatro jatos A380 e oferece versão “VVIP” como opção
Esboço de como pode ser o interior VVIP do Airbus A380 elaborado pela Winch Design (Divulgação)
Esboço de como pode ser o interior VVIP do Airbus A380 elaborado pela Winch Design (Divulgação)
Esboço de como pode ser o interior VVIP do Airbus A380 elaborado pela Winch Design (Divulgação)
Esboço de como pode ser o interior VVIP do Airbus A380 elaborado pela Winch Design (Divulgação)

Planos para converter o primeiro Airbus A380 retirado do serviço comercial em um super-avião executivo estão em andamento. Philip Queffelec, presidente da Sparfell & Partners, empresa de comércio de aeronaves com base na Suíça, declarou em entrevista ao Aviation Week que a companhia já discute três oportunidades de negócio desse tipo, sendo que uma delas está em um “estágio muito avançado”.

A Sparfell & Partners busca novos clientes para quatro jatos A380. As aeronaves pertencem ao grupo alemão Dr. Peters e anteriormente eram alugados pela companhia aérea Singapore Airlines. Um desses aviões inclusive é o primeiro da série a estrear na aviação comercial, há mais de 10 anos. Esses jatos hoje estão estocados na França aguardando um desfecho, que pode ser voando com um novo operador ou sendo desmontados.

Queffelec disse que grandes jatos são perfeitos para o transporte “VVIP” (uma classe acima do tradicional VIP) ou para o transporte de chefes de estados. O executivo ainda comentou, que embora esses aviões tenham acumulado inúmeras horas em voos de longa distância, eles têm menos ciclos (decolagem, voo de cruzeiro e pouso), o que significa que grande parte de seus equipamento original tem apenas meia-vida.

Além da boas condições das aeronaves, o presidente da Sparfell & Partners ainda disse que esses aparelhos podem ser adquiridos por preços altamente competitivos, por menos de US$ 300 milhões. Tal valor é mais baixo que o preço de um Boeing 777 ou um Airbus A330 “zero km”.

Para levar a conversão do A380 adiante, a Sparfell fez uma parceria com Winch Design, estúdio britânico famoso por criar iates de alto luxo e suas cabines, e com a Jet Aviation, empresa suíça que trabalha no ramo de manutenção e conversão de aeronaves, para a conclusão do projeto, caso alguma das negociações em andamento seja concretizada. Dessa forma, como salientou Queffelec, a empresa pode oferecer um pacote e orçamento “pronto para uso” realístico para possíveis compradores.

O primeiro A380 a estrear voos comerciais está estacionado na França, à espera de um novo operador (Tarmac Aerosave)
O primeiro A380 a estrear voos comerciais está estocado na França, à espera de um novo operador (Tarmac Aerosave)

Uma das configurações para o A380 VVIP sugerido pelo executivo é criar no convés superior da aeronave uma cabine de alto luxo, enquanto o andar de baixo pode ser ocupado por até 250 passageiros. Ou o contrário.

O A380 já chegou perto de ter um cliente privado: o príncipe Alwalid bin Talal bin Abdulaziz Alsaud, da Arábia Saudita. O acordo, porém, fracassou com a crise financeira global em 2008 e em 2015 foi cancelado definitivamente. O “Palácio Voador”, como a aeronave foi chamada na época em que foi anunciada, seria um modelo executivo baseado em um dos protótipos do Super Jumbo usados pela Airbus durante a campanha de testes da aeronave. Esse mesmo avião hoje encontra-se parado.

Veja mais: HondaJet ganha nova versão Elite

Total
0
Shares
Previous Post
As primeiras entregas do HondaJet começaram em 2016 e o avião hoje já é um dos mais vendidos na aviação executiva (Divulgação)

HondaJet ganha nova versão Elite

Next Post
Os voos da ANA com o A380 começam a partir de 2019 entre o Japão e o Havaí (Airbus)

Airbus divulga primeira imagem de A380 da companhia ANA

Related Posts