Primeiro avião a voar pela Azul se despede do Brasil

Jato E190 prefixo PR-AZL chegou ao país em setembro de 2008 após uma curta passagem pela JetBlue, dos EUA
O jato E190 PR-AZL nesta semana em Confins (Azul)

A Azul está se despendido de uma aeronave simbólica em sua história. O Embraer E190 matrícula PR-AZL está deixando o país nesta quinta-feira (9) com destino à Europa para ser devolvido à sua proprietária, uma empresa de leasing.

O jato de 100 lugares foi o primeiro a voar com as cores da companhia aérea, tendo sido repassado pela JetBlue, então empresa irmã da Azul, em setembro de 2008.

Dando início a uma tradição na companhia, o PR-AZL foi batizado como “O Rio de Janeiro continua Azul” e assistiu ao crescimento da frota de aeronaves que hoje soma 156 unidades.

“É um momento de grande emoção para nós, porque essa aeronave simboliza o início da nossa história, os primeiros passos da Azul no Brasil. De 2008 para cá, nós crescemos muito e, junto com nossos Tripulantes, nos tornamos a melhor companhia aérea do mundo!” disse John Rodgerson, presidente da Azul, sem qualquer modéstia.

A aeronave foi batizada como “O Rio de Janeiro continua Azul” e chegou ao país em 2008 (Azul)

A devolução do E190, um dos três que ainda voavam na companhia, faz parte do plano de modernização da frota da Azul. São 46 aeronaves E1 da Embraer, de primeira geração, e que devem ser substituídas gradualmente até 2026.

A Azul planejava acelerar essa renovação, trazendo mais jatos E195-E2, mas a pandemia frustrou seus planos momentaneamente. Até novembro, ela havia recebido apenas nove desses novos aviões, por meio de leasing, além de ter um pedido firme de 51 unidades junto à Embraer.

Total
33
Shares
Previous Post

Airbus pode bater Boeing em encomenda para a KLM

Next Post

Airbus eleva o tom contra a Qatar Airways sobre problema na pintura do A350

Related Posts