Rafale, F/A-18E ou Gripen?

Dassault Rafale

O longo processo de substituição dos caças da Força Aérea Brasileira parece ter chegado ao seu momento mais importante. Segundo comentários do meio, o Ministério da Defesa deve anunciar esta semana o modelo vencedor da concorrência FX-2.

Concorrem, como é de conhecimento geral, o Dassault Rafale, o Boeing F/A-18E e o Saab Gripen NG. No entanto, poucos especialistas duvidam que o avião francês não sairá vencedor na disputa. A questão, claro, não é apenas técnica e, sim, estratégica, envolvendo a transferência de tecnologia para a indústria nacional.

Saab Gripen

Assim mesmo, Boeing e Saab não entregaram os pontos. A primeira terá o reforço de um adido militar do presidente Obama, que desembarca no país esta semana para fazer lobby a favor do modelo americano. Já a Saab aposta no menor preço do seu aparelho, que seria o único capaz de se enquadrar no orçamento da FAB. O Gripen custaria algo em torno de R$ 132 milhões a unidade, enquanto o Super Hornet custaria R$ 188 milhões e o Rafale, R$ 263 milhões.

F/A-18E

O governo deverá encomendar 36 unidades do novo caça, que será montado no Brasil para que no futuro a frota possa ser ampliada sem grandes complicações. A FAB entregará nesta semana o relatório final sobre a concorrência ao Ministro da Defesa, Nelson Jobim, que decidirá junto do presidente Lula qual o fabricante entregará os aparelhos a partir de 2014.

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Odille Lican
Odille Lican
12 anos atrás

Se não fossem tão caros, a gente poderia comprar uns 60 de cada um. Então tudo estaria resolvido, exceto a logística. As vezes gosto de pensar na idéia que parece estar completamente descartada. Já pensou?

Previous Post

Embraer planeja jatos maiores

Next Post

Webjet quer ter 21 Boeing 737 este ano

Related Posts
Total
0
Share