Rio de Janeiro vai sediar maior evento de aviação do Brasil

International Brazil Air Show, programado para 2017, terá exposição de aeronaves e equipamentos, shows aéreos e outras atrações
Imagem aérea da FIDAE, a maior feira de aviação da América Latina, no Chile (FIDAE)
Imagem aérea da FIDAE, a maior feira de aviação da América Latina, no Chile (FIDAE)
Imagem aérea da FIDAE, a maior feira de aviação da América Latina, no Chile (FIDAE)
Imagem aérea da FIDAE, a maior feira de aviação da América Latina, no Chile (FIDAE)

O Brasil possui a terceira maior fabricante de aviões do mundo, a Embraer, mas ainda não conta com um evento de aviação de grande porte, como são as feiras Le Bourget, na França, e a FIDAE, no Chile. Mas isso vai mudar em breve.

Na próxima segunda-feira (4/4) será realizado o lançamento da mostra “International Brazil Air Show” (IBAS), no aeroporto internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro (RJ).

Programada para 2017, a exposição será realizada no próprio Galeão – a data ainda não foi definida. Segundo a Sator, empresa que organiza a feira, o IBAS será o maior evento realizado no Brasil após as Olímpiadas no Rio de Janeiro, em agosto.

Segundo os organizadores, o primeiro evento desse gênero realizado no Brasil deve reunir cerca de 200 empresas do setor aeroespacial, aeroportuário e fornecedores da aviação civil, militar e executiva. Também haverá exposição de aeronaves e equipamentos, shows aéreos e acesso simuladores de voo.

O lançamento do evento contará com a presença do Secretário Executivo de Aviação Civil do Governo Federal, Guilherme Ramalho; do Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes e do Presidente da Concessionária RIOGaleão, Luiz Rocha.

Atualmente, o principal evento sobre aviação no Brasil é a Labace, realizada anualmente no aeroporto de Congonhas, em São Paulo (SP). A mostra, porém, é focada na aviação executiva.

Veja mais: Frota de aviões da América Latina pode triplicar em 20 anos

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Eduardo
Eduardo
6 anos atrás

Muito boa a ideia, mas no Galeão duvido que consigam fazer algum show aéreo decente, devido ao tráfego comercial.
Seria bem melhor aproveitarem o subutilizado Campo dos Afonsos

Líbero de Andrade
Líbero de Andrade
6 anos atrás

Base aérea de Santa Cruz é o lugar ideal. Pouco tráfego aéreo e pista longa. Além do aspecto histórico como o hangar do Zeppelin.

Arianne Ferreira
Arianne Ferreira
6 anos atrás

Nossa que notícia maravilhosa, aguardo ansiosa pelo evento e meu filho também que sonha em ser piloto.

Paulo Roberto Amaral
Paulo Roberto Amaral
6 anos atrás

Muito Bom
Nenhuma notícia poderia ser melhor num momento como o que vivemos. Esperamos informações sobre inscrições, o que está incluído, preços, a que teremos acesso….. Show. Parabéns.

Thiago Rodrigues
Thiago Rodrigues
6 anos atrás

Tem previsão de data?

Bororo Krenn
Bororo Krenn
6 anos atrás

Acredito que a escolha do aeroporto do galeão seja com intenção de divulgação do mesmo.

Felipe Henrique
Felipe Henrique
5 anos atrás

que vai a merda o rio de janeiro, esse evento tem o minimo dever de ser sediado no ninho das águias(AFA), o rio de janeiro esta na pior crise da história, ou seja, pelo meu ponto de visão se o rio ta em crise mesmo após a copa e a olimpíada, imagina após isso… eu discordo plenamente disso, a imagem que será mostrada do Brasil aos países de fora será de um país na merda… se for para mostrar merda nem faça.

LUIS RESENDE
5 anos atrás

SOU MILITAR DA RESERVA DA AERONAUTICA, SERVI NA COMFIREM/EMBRAER RECEBIMENTOS DE AERONAVES E MATERIAL DA FAB/DIRMA/CTAA EM 1976 A 1982, GOSTARIA DE VISITAR EVENTO DE AVIAÇAO.

CLAUDECI JOSE DIAS AVILA
CLAUDECI JOSE DIAS AVILA
5 anos atrás

Temos o maior evento no Galeão, Rio de Janeiro,vai ser de grande avaria e conhecimento, aprendizado parabéns .

Bruna Gomes
Bruna Gomes
5 anos atrás

Boa tarde !
Esse evento vai ser aberto para todos ?
Eu estou cursando mecânica de avião e gostaria de poder ir …

Previous Post
Frota de aviões comerciais deve triplicar em 20 anos na América Latina (Divulgação)

Frota de aviões na América Latina pode triplicar em 20 anos

Next Post
A Avianca opera atualmente somente com aeronaves Airbus (Avianca Brasil)

Avianca libera celular em “modo avião” durante todo o voo

Related Posts